Conheça a dieta para reduzir o ácido úrico no sangue

Conheça a dieta para reduzir o ácido úrico no sangue, uma reeducação alimentar que faz bem para a saúde e previne uma série de…

Por Isabella Moretti em 09/09/2014

Conheça a dieta para reduzir o ácido úrico no sangue, uma reeducação alimentar que faz bem para a saúde e previne uma série de problemas, como gota, inflação nas articulações e descamação da pele.

Conheça a dieta para reduzir o ácido úrico no sangue. (Foto: Divulgação)

Taxa elevada de ácido úrico

O ácido úrico é uma substância produzida pelo corpo humano de forma natural. Ele se desenvolve a partir da quebra de moléculas de purina (uma proteína bastante comum nos alimentos). Depois de utilizadas pelo organismo, as purinas se transformam no ácido. Uma parte desta substância permanece na corrente sanguínea, enquanto a outra é eliminada pelos rins.

O acúmulo de ácido úrico no sangue desencadeia um quadro de hiperuricemia. Com isso, pequenos cristais de urato de sódio são formados e se depositam em diferentes regiões do corpo, principalmente nas articulações.

Os sintomas de ácido úrico se manifestam através de surtos dolorosos nos membros inferiores do corpo, como joelhos, tornozelos, calcanhares e dedos dos pés. Além da dor articular, o problema também é caracterizado por inchaços, descamações na pele e insuficiência renal. A hiperuricemia aumenta as chances de hipertensão arterial e diabetes.

Veja também: Saiba como prevenir a gota

Conheça a dieta para reduzir o ácido úrico no sangue

Conheça a dieta para reduzir o ácido úrico no sangue, um cardápio que ajuda a reduzir a taxa desta substância no organismo. Vale lembrar que a alimentação, muito rica em proteínas de origem animal, pode levar ao desenvolvimento de hiperuricemia, por isso é importante controlar o consumo desses alimentos.

A dieta deve ser rica em frutas. (Foto: Divulgação)

• Alimentação para quem tem ácido úrico alto

A dieta contra ácido úrico é composta por leite e derivados, cereais e derivados, pão, biscoitos de água e sal, frutas, sucos, chás, arroz, batata e bolos secos. Até mesmo o sorvete está liberado para consumo.

Alguns alimentos podem ser incluídos no cardápio contra ácido úrico, mas de forma moderada, como ovo, frango, feijão, lentilha, grãos, sementes e carne bovina.

Há, ainda, uma lista de alimentos proibidos para quem tem alta taxa de ácido úrico no sangue. Entre os itens que não devem fazer parte da alimentação, estão: miúdos (coração, fígado e rins), bacon, embutidos, frutos do mal, caldo de carne em tabletes, couve-flor, aspargos, cogumelos, ervilhas e espinafre.

Carnes e embutidos devem ser evitados. (Foto: Divulgação)

• Como prevenir ácido úrico elevado?

Outros cuidados também devem ser tomados para evitar hiperuricemia. A pessoa deve beber bastante água, deixar de lado o consumo de bebidas alcóolicas (principalmente a cerveja) e não consumir medicamentos sem orientação médica.

É importante que cada um conheça a dieta para reduzir o ácido úrico no sangue, pois assim é possível ter uma vida mais saudável e prevenir doenças.

Top