Como montar uma loja de roupas: dicas

Como montar uma loja de roupas: dicas

Élida Santos 31/01/2012 Economia

Planejamento é fundamental antes de abrir um loja (Foto: Divulgação)

Ser dono do seu próprio negócio é o sonho de muitos brasileiros e uma dessas possibilidades é ter uma loja de roupas. Mas como em qualquer outra área de investimento é preciso planejar antes de consolidar o seu projeto. No começo, você deve realizar uma pesquisa de mercado, para avaliar o tipo de público que você atenderá. Observe o local onde pretende montar sua loja e analise se o movimento é propício para o tipo de negócio que você tem em mente.

O local onde o comércio será montado é fundamental para o sucesso ou fracasso do empreendimento. Por exemplo, não adianta vender roupas modestas na Oscar Freire ou na área nobre de Copacabana, o público desses pontos querem algo mais luxuoso, e não se sentiriam a vontade em um comércio desse perfil. O mesmo vale para uma loja de grife em um ponto periférico, os clientes obviamente não poderão pagar o valor cobrado pelos itens. Por isso, verifique esses detalhes de compatibilidade do negócio, público alvo e localização, antes de tomar as medidas cabíveis para abertura da sua loja.

Montar a estrutura da maneira adequada é super importante (Foto: Divulgação)

Com o ambiente e clientela definida é o momento de planejar a instalação dos balcões, vitrines e provadores. Se você não tem noção de como funciona a disposição desses itens, visite estabelecimentos comerciais que trabalhem com produtos similares ao que pretende vender, para visualizar como a loja está montada. Analisar o concorrente é fundamental, assim, é possível saber a forma como ele trabalha, mesmo que você tenha uma outra visão do negócio.

Analise os concorrentes (Foto: Divulgação)

Outro ponto importante é com relação ao produto fornecido. Opte sempre por roupas de qualidade dentro da característica da sua loja. A credibilidade e o bom atendimento devem ser prezados para causar um bom impacto no mercado. Qualifique os vendedores e pague um salário compatível com o mercado para evitar rotatividade de mão de obra, o que causa perda de recursos financeiros e não cria um relacionamento de confiança com os seus clientes. Agindo dessa forma é só ter calma para começar a colher os  frutos das vendas e do seu trabalho.

Outros artigos

Mercado Sócio traz Novidades aos Afiliados

27/05/2008

Mercado Sócio traz Novidades aos Afiliados

Há algum tempo atrás percebi que é preciso testar muito sequer se dar bem quando o assunto é monetização, eu particularmente não me canso de buscar alternativas e no...

Curso de Bolo de Casamento, Bolo de Noiva

22/11/2010

Curso de Bolo de Casamento, Bolo de Noiva

Bolos e doces de casamento sempre fazem sucesso entre aqueles que apreciam uma culinária diferente e artística. O bolo de casamento não é simples e convencional,...