Como manter o banheiro livre de germes

Embora todos pensem que o cômodo mais “sujo” é o banheiro, a cozinha é o ambiente que mais acumula bactérias e germes. Porém, se…

Embora todos pensem que o cômodo mais “sujo” é o banheiro, a cozinha é o ambiente que mais acumula bactérias e germes. Porém, se o banheiro não for limpo, com muito cuidado, pode se transformar no lugar onde os seres microscópicos e nocivos mais se acumulam. Bactérias aparecem aos milhões, devido às fezes humanas; fungos podem se aglomerar, facilmente, por causa da umidade do local, além de ovos de moscas e outros invasores. Portanto, é preciso ter uma rotina de limpeza, bem como de comportamentos adequados, que podem ser adotados por toda a família. Veja como manter o banheiro livre de germes.

As escovas podem ser higienizadas com antissépticos bucais (Foto: Divulgação)

Como limpar o banheiro

É ideal desinfetar o vaso sanitário, diariamente. Caso não se possa fazê-lo, ao menos a cada 3 dias é importante dar atenção a ele. Os motivos são muito claros. Essa medida se faz ainda mais necessária quando muitas pessoas usam o mesmo banheiro. Indica-se higienizar o vaso, usando uma mistura de cloro e água, que deve ser aplicado na peça inteira. Deixe agir, durante 15 ou 20 minutos; retire, usando um pano limpo e úmido e, em seguida, outro pano seco. É importante que não fique nenhum vestígio do cloro, pois ele pode queimar a pele ou manchar roupas. Na parte interna do vaso, pode-se usar cloro em gel, deixando agir 20 minutos e, em seguida, apertando a descarga.

Ralos também merecem atenção, pois concentram a sujeira que sai do corpo (Foto: Divulgação)

Quando a sujeira do banho se acumular no ralo, abra-o e, usando uma luva, esfregue sua parte interna, com bucha e detergente. Em seguida, despeje uma mistura de cloro a água e feche-o, novamente. Isso, além de limpá-lo, também irá espantar moscas e matar seus ovinhos.

Continuar Lendo  Looks para mulheres altas e magras

Para remover manchas de fungo (onde há bolor), aplique cloro em gel e deixe agir, removendo com água, em seguida. Se a superfície for plana, isso também pode ser feito com a versão líquida.

Hábitos que evitam germes

A tampa do vaso deve permanecer sempre fechada, principalmente enquanto a descarga é acionada (Foto: Divulgação)

Sempre que usar a escova de dente, bata-a na pia, retirando o excesso de água e, em seguida, molhe-a com um antisséptico bucal (ex: Cepacol). Quando for reutilizá-la, basta retirar o produto, com água. Se possível, troque a escova, mensalmente ou até em menos tempo.

A descarga não deve ser puxada, com a tampa do vaso aberta. Isso faz com que as bactérias se espalhem no ar, acumulando-se em escovas de dente e toalhas. É por este motivo que muitas pessoas contraem viroses, dentro da própria casa.

Finalmente, é indicado trocar as toalhas, a cada dois dias. No caso da toalha de rosto (que muitas pessoas usam), a troca deve ser diária. Quem não puder fazer isso, então ao menos deve colocar todas elas ao sol, diariamente. Elas acumulam bactérias (devido aos vasos) e fungos (devido à umidade).

O rejunte também acumula fungos: Como limpar rejuntes: dicas

Veja outras dicas para limpar o vaso: Como desinfetar corretamente o vaso sanitário

 

Top