Como explicar a perda do bebê para crianças

Quando o assunto é a morte, crianças e adultos muitas vezes não encaram o tema com naturalidade. Diante do falecimento de um parente ou…

Quando o assunto é a morte, crianças e adultos muitas vezes não encaram o tema com naturalidade. Diante do falecimento de um parente ou amigo, é comum o luto com tristeza e questionamento, inclusive nos mais velhos. Para as crianças, é um mundo novo e um sentimento que ela precisa aprender a liar: a perda.

Contar a verdade sobre a morte

A mãe já tem um filho pequeno e está novamente grávida, mas algo dá errado – um aborto espontâneo, por exemplo – e o bebê não mais chegará. Como dizer isso ao filho pequeno que espera ansioso a chegada do irmãozinho? Os pais conhecem a criança melhor que ninguém e precisam nesse momento ter sabedoria na hora de contar o ocorrido, esconder da criança a verdade não fará bem para ela, nem para os pais em luto.

É importante, mesmo com crianças, que seja explicado porque o bebê que a mamãe esperava não vai mais chegar, isso fará com que ela tenha segurança nos pais. Crianças maiores de 4 anos já conseguem perceber quando há algo errado e têm noção sobre o que é vida, essas podem fazer perguntas e é papel dos pais esclarecer qualquer dúvida da criança.

Como contar sobre a morte para o filho

Como tudo que ele aprendeu até agora, o seu filho vai ter a experiência da morte pela primeira vez, por isso é bom ter cautela nas palavras, separamos algumas dicas abaixo:

Fale de forma breve, fácil e direta

As crianças não entendem palavras simbólicas como “partiu”, “descansou” ou coisas semelhantes que para os adultos amenizam o significado da palavra “morte”, por isso é importante explicar à criança, sem muito rodeio, que o bebê que a mamãe estava esperando não virá mais porque ele não estava forte o suficiente, mesmo não sentindo nenhuma dor, o bebê não vai mais chegar.

Leia Também:  Esmalte vermelho metálico é tendência

Responda as perguntas

É inevitável fugir de perguntas sobre a morte em um momento desses. A criança vai questionar onde o bebê está agora, se não está mais na barriga da mãe ou se a própria mãe e o pai um dia irão morrer também. Tente ser natural e responder de forma simples e direta, inclusive, usando a morte recente de um parente como exemplo.

Permita-se ficar triste

A tristeza faz parte dos momentos de luto, não tente esconder isso da criança, ela vai crescer e entender que a morte traz saudade aos que ficam e por isso, muitos choram.

Sua criança precisa crescer sem medo e com consciência das coisas boas e ruins que acontecem neste mundo. Mesmo com as limitações de entendimento da idade, contar a verdade não é algo fácil, mas com certeza é o melhor caminho.

Top