Como ensinar o gato a usar a caixa de areia

Um gatinho de estimação, sem sombra de dúvidas é capaz de trazer muita alegria e diversão às famílias. Porém, quando este animalzinho se encontra…

Um gatinho de estimação, sem sombra de dúvidas é capaz de trazer muita alegria e diversão às famílias. Porém, quando este animalzinho se encontra impossibilitado de manter sua higiene e deposita suas necessidades em locais inapropriados, todo o companheirismo do bichinho passa a ser uma grande dor de cabeça aos donos.

Saiba como educar seu gatinho

Pensando nisso, elaboramos dicas sobre como ensinar o seu gato a usar a caixa de areia. Confira:

Primeiros passos

O mais importante para adquirir o hábito, é disponibilizar a caixa de areia quando o gato é ainda filhote. Se apto quando mais novo, o animal sempre fará suas necessidades no mesmo lugar de costume.

Ao adquirir um novo gatinho, é apropriado que você  obtenha uma área de lazer específica destinada ao animal, juntamente com a caixa de areia que ele utilizará. Feito, deixe-o ali e vá gradualmente liberando os outros cômodos da casa para que ele possa passear.

Uma dica válida também é não trocar com frequência local de disposição das necessidades do gatinho – procure manter a caixinha sempre no mesmo ambiente,  a fim de evitar possíveis confusões territoriais por parte de seu novo amigo.

Ensinando seu gato

Os gatos são animais bem instintivos e exigentes – isso gera uma vantagem ao dono em relação aos cães. Eles, por possuírem esta personalidade, gostam de enterrar seus excrementos de modo a escolherem  o seu “banheiro” onde as melhores condições para fazer isso são oferecidas.

Tenha sempre em mente que reservar um espaço específico para seu gatinho em casa é muito importante, e ensine-o a encontrar esta área. Uma dica é dispor o alimento e água, fazendo com que ele se sinta interessado pelo local.

Leia Também:  Mitos e verdades sobre o pós-parto

A educação dos gatos, por ser diferente da de outros animais, exige que não os ensinemos a utilizar a caixa de areia propriamente dita, mas sim que somente lhes mostremos onde ela se encontra, visto que os instintos do pequeno felino falarão por si posteriormente. Procure chamar com frequência o bichinho para seu estabelecimento apropriado, para que ele saiba que ali deve permanecer.

Dicas importantes

Se você possui mais de um gato, é importante obter uma caixa específica para cada um deles – por serem exigentes, é muito provável que se recusem a se associar com os excrementos de outro felino.

Atenção na higiene

Muito se sabe sobre os gatos que preferem fazer suas necessidades em tapetes, lençóis ou vasos de plantas. Isso corre porque o substrato destes outros itens são mais agradáveis do que a areia apropriada para seu uso.

Alguns gatos podem ser mais resistentes ao uso da caixinha

Para que esse desgosto não venha à tona, é importante manter a higiene da caixinha do seu gato em dia, jamais se esquecendo de fazer a sua limpeza. Procure também por uma areia macia e agradável, para que não machuque as patas do animal – desta forma, melhores condições para você e para seu amigo gato serão criadas.

Top