Como economizar na hora da reforma

Está pensando em reformar a casa, mas está com pouco dinheiro? O primeiro passo para economizar é realizar uma boa cotação. Vá até os…

Por Élida Santos em 28/12/2011

Reforme a sua casa e deixe o ambiente mais a "sua cara" (Foto: Divulgação)

Está pensando em reformar a casa, mas está com pouco dinheiro? O primeiro passo para economizar é realizar uma boa cotação. Vá até os lugares que comercializam materiais de construção e peça um orçamento de tudo que será necessário para a realização da reforma. Compare os preços, e se puder, realize pagamentos à vista. Pagar com dinheiro, ajuda a negociar um preço melhor.

No momento que estiver cotando os produtos avalie não só os custos com o material, mas também a qualidade, pois um bom produto pode fazer com que o serviço fique ainda melhor e tenha maior durabilidade, da mesma forma que um item ruim pode fazer com que o serviço tenha que ser refeito. Isso acaba gerando gastos desnecessários, o que só confirma o dito popular: “o barato sai caro”.

Azuleijo de usado pode ser mais barato e bonito (Foto: Divulgação)

Outro fator muito importante na hora de realizar uma reforma bastante econômica é com relação a mão de obra. Cote também o custo do trabalhos dos pedreiros e demais profissionais envolvidos na reforma, mas não utilize somente a cotação como método de escolha do profissional. Busque informações com pessoas que já contrataram aquela pessoa em outras ocasiões.

Veja se o serviço realizado foi satisfatório e em quanto tempo foi realizado, pois muitos pedreiros e pintores cobram por dia de serviço. O mais prudente para não gastar mais do que o necessário é fechar o preço da obra por etapas. Por exemplo, ao terminar a reforma de um cômodo uma parte do valor é acertado, e  assim em diante. Sempre pague o serviço ao menos em três vezes: uma parcela no começo, outra durante e outra no final do trabalho.

A decoração pode ser feita com peças usadas (Foto: Divulgação)

Janelas, portas e artigos de decoração podem ser comprados de “segunda mão”. Muitos lugares vendem itens de obras que foram desfeitas de prédios e casas que foram demolidas, mas que antes, foram removidas peças que pudessem ser reaproveitadas. Pisos e azulejos em bom estado podem ser encontrados por um preço mais acessível do que na loja de materiais de construção.

O mesmo vale para portas e janelas, que muitas vezes com apenas uma única mão de tinta ficam novinhas em folha. Outros itens que podem ser encontrados nesses brechós da construção e decoração, são vasos e quadros que podem dar aquele toque especial. Seguindo essas dicas a sua reforma será um sucesso, trazendo para sua residência ou escritório, um ar novo e com um super preço.

Top