Como a música de uma loja influencia suas compras

Isabella Moretti 07/06/2016 Compras

Você sabia que a música de uma loja influencia suas compras? Isso mesmo! O som que toca no estabelecimento pode estimular a vontade de adquirir um produto, desde que seja bem escolhido.

A música na loja pode influenciar a decisão de compra. (Foto Ilustrativa)

A música na loja pode influenciar a decisão de compra. (Foto Ilustrativa)

Alguns estudos estão investigando a capacidade das músicas durante a decisão de compra numa loja. De acordo com Adrian North, que é professor de Psicologia da Música da Universidade Curtin, na Austrália, o som é um recurso capaz de aumentar as vendas.

Como a música de uma loja influencia suas compras

Para chegar à conclusão de que a música de uma loja influencia suas compras, o pesquisador da universidade australiana analisou um restaurante inglês. Cada cliente pagou em média 2 libras a mais ao escutar uma música clássica ao invés de pop.

Outros experimentos foram realizados para investigar o poder da música na decisão de compra. De acordo com o resultado da pesquisa, as canções delicadas fizeram os consumidores avaliarem um vinho como suave.

Já o som mais intenso rendeu uma classificação como “intenso” para o vinho consumido no estabelecimento. Ou seja, a música também tem a capacidade de alterar a percepção de sabor.

Ao longo do seu estudo, o especialista fez algumas descobertas interessantes. Ele descobriu que a música clássica aumenta a venda de produtos caros. Já a música sertaneja estimula a aquisição de produtos úteis.

A música influencia, inclusive, no quanto as pessoas gastam. (Foto Ilustrativa)

A música influencia, inclusive, no quanto as pessoas gastam. (Foto Ilustrativa)

Música ambiente nas lojas

Não é de hoje que a música ambiente existe. Tudo começou na década de 20, quando o general George Squires resolveu patentear uma música transmita através da rede elétrica. O som, que ficou conhecido como música de elevador, era usado para acalmar as pessoas nos elevadores da época.

Anos depois, na década de 40, a música de elevador começou a ser usada para relaxar os trabalhadores e melhorar a produtividade. Muitas lojas também começaram a apostar no som ambiente como uma estratégia de marketing sensorial.

Usar música ambiente influencia a compra?

A música, quando tocada dentro de uma loja, influencia o ânimo do cliente para fazer compras. Quem tem propensão para gastar, inclusive, tem mais chances de realizar uma compra por impulso. É preciso tomar cuidado, no entanto, para não acabar escolhendo a melodia errada.

É preciso montar uma playlist que combine com o conceito da loja. (Foto Ilustrativa)

É preciso montar uma playlist que combine com o conceito da loja. (Foto Ilustrativa)

O marketing sensorial, realizado através do som, deve levar em consideração as preferências do público-alvo, bem como o conceito da loja. Também é importante não exagerar no volume da música, caso contrário, isso pode deixar os consumidores irritados.

Muitos consideram a música ambiente como uma forma de manipulação do comportamento do consumidor. Contudo, o som é apenas uma estratégia, assim como o design da loja e a disposição dos produtos.

E aí? Qual a sua opinião sobre o uso de músicas nas lojas para vender mais? Deixe um comentário.

 

Outros artigos

Cursos Gratuitos em Lorena SP

11/05/2010

Cursos Gratuitos em Lorena SP

Esta sendo oferecidas oportunidades para cursos grátis em Lorena os cursos ofertados serão profissionalizantes na área de turismo estão com inscrições abertas pa...

Como fazer intercâmbio grátis 2014?

06/05/2014

Como fazer intercâmbio grátis 2014?

Nenhuma pessoa consegue crescer, descobrir suas potencialidades e ampliar a sua visão de mundo se passa toda a sua vida em um mesmo lugar. Ela precisa colocar o pé n...

Romero Britto: quem é, obras, saiba mais

08/08/2013

Romero Britto: quem é, obras, saiba mais

Romero Britto é um dos brasileiros que fazem sucesso pelo mundo. Ele está presente no grafite de rua, na publicidade, nas passarelas do mundo fashion e na decoração....