Combinação de cores vibrantes na cozinha

Há várias formas de se inovar o visual da cozinha, entre as quais se destaca o uso das cores. Já faz algum tempo que…

Uma cozinha perfeita para quem gosta de laranja

Há várias formas de se inovar o visual da cozinha, entre as quais se destaca o uso das cores. Já faz algum tempo que o cômodo deixou de ser decorado com tons neutros e passou a exibir um toque de personalidade através das cores vibrantes. Em doses pequenas, as tonalidades vivas aparecem nos detalhes dos armários, nas cadeiras ou mesmo na pintura.

Apesar de existir combinações apropriadas para cada ambiente da casa, a decoração está oferecendo mais liberdade para escolher e aliar as cores. Para manter um visual mais equilibrado na cozinha, vale partir de uma base neutra para depois trabalhar com uma cor intensa. Uma sugestão bem interessante é conhecer a simbologia de cada tom para conseguir explorá-lo ao máximo na decoração.

As cores na cozinha

O branco é um coringa para se decorar a cozinha, afinal, ele não cai da moda e favorece tanto a iluminação como a amplitude do espaço. No entanto, outras cores estão sendo valorizadas e inseridas com harmonia para não comprometer a decoração da cozinha.

O laranja e o vermelho, por exemplo, são duas tonalidades quentes e vibrantes que funcionam bem na cozinha porque estimulam a sensação de fome. Um truque muito usado pelos designers de interiores é o destaque de uma parede com pintura diferente, ideia capaz de embelezar sem exageros. Não se esqueça de que a pintura da cozinha precisa transmitir uma ideia de limpeza e o colorido se apresenta apenas como um toque diferenciado.

A combinação de cores na cozinha pode ser marcada pelo contraste, como o ajuste dos tons frios aos quentes. Com a tendência do color blocking em alta, o uso do colorido também passa a ser uma proposta interessante para personalizar o cômodo.

Leia Também:  Piercing no nariz: modelos, dicas, cuidados

Ideias para colorir a cozinha

Verde limão predomina numa composição moderna

Confira abaixo algumas sugestões que prometem inovar o visual da cozinha com novas cores, sem perder o estilo e o equilíbrio.

Móveis coloridos

Os principais fabricantes de móveis estão deixando de desenvolver armários, mesas e cadeiras apenas com um design neutro e básico. Na linha de cozinhas da Itatiaia, por exemplo, já é possível conferir belíssimos armários com detalhes das cores: verde limão, roxo, vermelho ou laranja vibrante. O contraste com o branco destaca os tons vivos e deixa a mobília muito charmosa.

Acessórios coloridos

Utensílios adicionam toque colorido na cozinha

No caso de cozinhas com móveis brancos, dá para adicionar cores vibrantes no ambiente através dos acessórios. Os eletroportáteis e utensílios coloridos podem ser encontrados a venda e prometem deixar o espaço com um charme especial. Com certeza a atmosfera vai ficar divertida.

Revestimento colorido
Uma forma de inserir cor na cozinha é através do revestimento, inovando as paredes e o piso. Invista numa composição monocromática na superfície horizontal para obter um clima vintage. Outra solução é adotar detalhes das paredes com pastilhas ou azulejos coloridos.

Elementos retrô

Nem sempre a cozinha foi marcada pela neutralidade, antigamente a principal tendência era colorir. Móveis e eletrodomésticos se apresentavam como grandes apostas para personalizar o ambiente, invocando uma única cor vibrante. Os tons que prevaleceram nas décadas de 50, 60 e 70 foram vermelho, azul, verde e amarelo.

Para deixar a cozinha com um ar nostálgico, vale à pena adquirir produtos que imitam o design de décadas passadas. A Brastemp, por exemplo, tem fogões e geladeiras coloridas que prometem dar um toque especial na decoração do cômodo. Há também nas lojas os utensílios domésticos que incorporaram os traços retrô.

Leia Também:  Calça Legging de Veludo - Moda 2012

Aproveite as ideias e transforme a cozinha com originalidade.

Top