Com gol de Alex aos 44 do segundo tempo, Corinthians arranca empate contra o Inter

Alex salva o Corinthians da derrota em Porto Alegre Em partida bastante movimentada na tarde deste domingo, o Corinthians foi guerreiro e arrancou o…

Por Redacao em 23/10/2011

Alex salva o Corinthians da derrota em Porto Alegre

Em partida bastante movimentada na tarde deste domingo, o Corinthians foi guerreiro e arrancou o empate contra o Internacional em 1 a 1, no finalzinho do jogo. Com um a menos em campo desde o fim do primeiro tempo, o Timão viu o Colorado abrir o placar com Nei. Porém, aos 43, D’Alessandro também foi expulso e, aos 44 do segundo tempo, o meia Alex, que fez sucesso no Inter, cobrou falta com perfeição e deixou tudo igual.

O resultado tirou o Corinthians da liderança do Brasileirão. Agora, o Timão é o vice-líder, com 55 pontos, dois a menos do que o líder Vasco. Já o Inter chega aos 48 pontos e permanece na sétima colocação.

Inter é superior no primeiro tempo

Com um time bem compacto em campo, o Corinthians dominou a partida durante os primeiros dez minutos. Paulinho, Alex e Liedson se movimentavam constantemente no campo de ataque, confundindo a zaga do Inter. O problema é que o Timão não conseguia concluir o gol.

Apesar da maior posse de bola corintiana, foi o Colorado quem chegou com perigo pela primeira vez. Aos 12 minutos, D’Alessandro deu um ótimo lançamento para Andrezinho, que invadiu a área e cruzou na medida para Oscar, mas o meia colorado se atrapalhou e desperdiçou a oportunidade.

A resposta corintiana veio pelo alto. Aos 17, Alex levantou bola na área e Paulinho cabeceou nas mãos de Muriel.

Depois de ser dominado pelo Corinthians no início do jogo, o Inter equilibrou a partida na base da troca de passes e pressionou o Timão. Aos 25, Oscar cruzou e Andrezinho emendou, de primeira, para fora. Dois minutos depois, Jô perdeu grande oportunidade. O atacante recebeu lançamento, sozinho, dentro da área, mas pegou mal na bola, a finalização saiu fraca e Paulo André chegou a tempo de afastar o perigo. Aos 30, mais uma vez, Jô assustou os corintianos. O atacante recebeu pelo lado esquerdo e finalizou com força, mas Julio César salvou com a perna.

Três minutos depois, Liedson furou feio na pequena área. O Corinthians puxou um rápido contra-ataque pelo lado esquerdo com Fábio Santos. O lateral cruzou, a bola sobrou para William finalizar mal, mas a bola caiu nos pés de Liedson, que furou na cara do gol.

Aos 40, o Timão ficou com um a menos. Alessandro deu uma entrada violenta em Andrezinho e foi expulso de campo, complicando a vida da equipe paulista.

Timão empata no fim

Com um jogador a mais, o Inter retornou para a etapa final com a marcação mais adiantada, oferecendo o contra-ataque para o Timão. Aos oito, o Corinthians quase abriu o placar. Paulinho foi lançado pelo lado direito, cruzou na medida para Danilo cabecear e Muriel defender.

O Inter tentava articular jogadas no ataque, mas tinha dificuldades para transpor a zaga corintiana. Porém, aos 20, o Colorado foi fatal. Kléber cruzou com precisão na área e Nei subiu sozinho para cabecear no cantinho direito do gol de Julio César: 1 a 0 Colorado.

Atrás no placar, o Corinthians saiu do campo de defesa e foi em busca do gol de empate. Aos 28, Alex teve uma ótima oportunidade para deixar tudo igual, mas desperdiçou. Jorge Henrique foi derrubado na entrada da área e o árbitro assinalou falta perigosa. Na cobrança, Alex chutou mal e acertou a barreira.

O problema do Timão era o grande número de passes errados, que impediam a equipe de chegar com efetividade na área do Inter. Nos últimos dez minutos, o Colorado passou a administrar o resultado na base da cadencia, segurando a bola no campo de ataque.

A partida ficou ainda mais emocionante depois da expulsão de D’Alessandro, aos 43. E logo no minuto seguinte, o Timão chegou ao empate. Alex cobrou falta com extrema perfeição no canto esquerdo do gol de Muriel e deixou tudo igual no Beira-Rio, para delírio dos corintianos e decepção colorada.

Top