Cirurgia de desvio de septo: saiba mais

Cirurgia de desvio de septo: saiba mais

O desvio do septo nasal é um problema bastante comum, que causa alguns prejuízos estéticos e principalmente funcionais do nariz. O problema pode ser…

Por Editorial MDT em 27/09/2013

O desvio do septo nasal é um problema bastante comum, que causa alguns prejuízos estéticos e principalmente funcionais do nariz. O problema pode ser facilmente corrigido através da septoplastia, uma intervenção que oferece resultados imediatos e muito satisfatórios. Fique por dentro do assunto e saiba mais sobre a cirurgia para desvio de septo.

Acabe com as dúvidas e conheça a cirurgia para desvio de septo. (Foto: divulgação)

O que é o desvio de septo nasal

O desvio do septo pode ocorrer em consequência do desalinhamento da placa osteocartilaginosa do septo, dos ossos nasais ou de ambos. O problema pode se manifestar clinicamente sob diferentes maneiras:

  • Desvio simples: geralmente não há necessidade de intervenção cirúrgica;
  • Desvio visíveis: além de comprometer a estética nasal, ainda são capazes de provocar obstruções importantes. Nesses casos a rinosseptoplastia é recomendada;
  • Desvio com queixas exclusivamente obstrutivas: apesar de não haver nenhum prejuízo na estética do nariz, os pacientes apresentam queixas de obstrução, que justificam a septoplastia.

Sintomas do septo desviado

Esse problema pode ser congênito ou adquirido. Os principais sintomas do desvio do septo são:

  • Dificuldade da passagem de ar, que pode ser uni ou bilateral;
  • Queixas estéticas, como caroço no nariz ou dorso do nariz curvo;
  • Respiração bucal;
  • Diminuição do olfato.

A septoplastia corrige a obstrução nasal. (Foto: divulgação)

Cirurgia para desvio de septo

A intervenção cirúrgica sempre é indicada nos casos em que há obstrução nasal sintomática, diretamente relacionada com o desvio de septo. O desejo do paciente de melhorar a estética nasal, além da parte funcional, também é outra indicação para o procedimento.

A septoplastia é a cirurgia capaz de corrigir o desvio de septo nasal e consiste na remoção da porção curva do septo, responsável pela obstrução do fluxo de ar e que pode ser constituído de cartilagem ou osso.

Alguns casos podem ser resistentes à septoplastia, e por isso necessitam de uma intervenção mais moderna, onde podem ser utilizados fragmentos do próprio septo removido para dar suporte à nova arquitetura do nariz e corrigir os desvios residuais.

O procedimento é realizado com anestesia local e sedação do paciente, em indivíduos cujas estruturas nasais já atingiram o desenvolvimento completo, ou seja, geralmente acima dos 15 anos. Através de uma pequena incisão na parte de dentro do nariz o médico tem acesso ao septo, onde identifica a região do desvio e, com o auxílio de instrumentos específicos, reposiciona e molda a cartilagem nasal.

A busca por uma estética melhor também pode ser uma das indicações da septoplastia. (Foto: divulgação)

O desvio de septo é um problema bastante frequente, que pode ser facilmente resolvido através da septoplastia. Vale a pena conhecer a respeito do assunto e saber as indicações da intervenção cirúrgica e como é realizada.

Top