Casal com 72 anos de casados morre de mãos dadas

Por mais que seja difícil acreditar, encontrar casos de amor verdadeiro e união eterna ainda são possíveis nos dias de hoje. Um exemplo de…

Por mais que seja difícil acreditar, encontrar casos de amor verdadeiro e união eterna ainda são possíveis nos dias de hoje.

Um exemplo de aliança que deu certo é a de um casal do estado de Iowa, Estados Unidos. Gordon e Norma Yeager ficaram casados por 72 anos e morreram juntos, de mãos dadas, em um hospital na semana passada, segundo a família.

O pedido de casamento de Gordon foi aceito por Norma Stock no dia da formatura da escola secundária. Casaram-se, então, em 26 de maio de 1939. Quatro filhos foram os frutos do casamento de sucesso.

“Ficar juntos por 72 anos é bom, eu diria que é excepcional”, comentou a filha Donna Sheets, ao canal de televisão local KCCI.

Segundo o filho Dennis Yeager, o casal teria sofrido um acidente de carro na quarta-feira passada (12), em uma esquina, quando iam ao centro da cidade de Marshalltown. O carro do casal chocou com outro que vinha no sentido contrário. Os dois foram, imediatamente, atendidos na UTI do hospital de Marshalltown e ficaram hospitalizados no mesmo quarto, um do lado do outro, de mãos dadas.

‘Os pombinhos’ morreram com apenas uma hora de diferença. Gordon morreu às 15h38, segurando a mão da esposa. Já Norma, permaneceu firme, esperando sua morte, não soltando a mão do falecido marido. A família acompanhou todos os momentos.

“Nenhum deles gostaria de ter sobrevivido ao outro. Eu não conseguia imaginar como isso ia ser. Nós fomos muito abençoados, honestamente, por eles terem morrido assim.”, afirmou a filha Donna. Dennis completou dizendo que “eles amavam estar juntos”.

O velório seguiu o  mesmo ato encantador do falecido casal, foram colocados juntos, de mãos dadas, no caixão. A família comentou que eles seriam cremados e teriam suas cinzas misturadas.

Continuar Lendo  Como fazer videoconferência pela internet

Top