Casais poliafetivos: saiba mais sobre eles

O relacionamento poliafetivo é a prática de manter relacionamentos íntimos simultaneamente com mais de uma pessoa por vez, com o consentimento e conhecimento de…

O relacionamento poliafetivo é a prática de manter relacionamentos íntimos simultaneamente com mais de uma pessoa por vez, com o consentimento e conhecimento de todos os envolvidos. Saiba mais sobre os casais poliafetivos.

O poliamor faz parte da moda atual entre alguns casais. (Foto: divulgação)

Casais poliafetivos

O termo conhecido como poliamor entrou no dicionário Oxford somente em 2006. Trata-se de um tipo de relacionamento que é muito raro ainda. No Reino Unido, quatro pessoas vivem na mesma casa formando cinco casais. Eles afirmam que pretendem envelhecer juntos.

Tom, Sarah, Chris e Charlie vivem juntos nessa relação. Eles explicam que tiveram várias conversas com colegas e eles só chegaram a um acordo de que “todo mundo trai todo mundo”. Porém, eles afirmam que todos vivem bem com isso, todo mundo sabe o que está acontecendo e ninguém está enganando ninguém.

Se algum deles quiser se envolver com outra pessoa, terá que apresentar o caso para outras pessoas e todos possui o poder de veto ao novo relacionamento. Porém, eles dizem que a proibição não pode ser dada por motivos bobos. Eles dizem que estar saindo com alguém e não entender a razão pelo qual a pessoa é atraída, não é motivo para dizer não e você não poder sair com essa pessoa.

Essa relação exige cumplicidade e confiança. (Foto: divulgação)

Relacionamento de casais poliafetivos

Todos afirmam que a única coisa que é tida como infidelidade é a mentira. Antes de ir a qualquer encontro é preciso sentar com cada um dos três parceiros e perguntar se está tudo bem. A traição se encaixa em sair escondida, dizendo que ia encontrar um amigo e não falar que seria um potencial romance.

Leia Também:  Cabelo de Lívia - Cláudia Raia Novela Salve Jorge

As regras e limites do relacionamento entre os quatro são negociados cuidadosamente. O relacionamento poligâmico de Tom e Charlie começou duas semanas depois de terem se tornado um casal, onde Tom sugeriu para Charlie que adorou a ideia.

Charlie afirma que tinha medo de se comprometer, já que nunca havia encontrado alguém por quem pudesse se apaixonar completamente. A ideia de não ser mais uma relação monógama permitiu que ele se apaixonasse ainda mais por Tom sem medo de ferir seu coração ao se relacionar com outra pessoa.

Os casais poliafetivos aceitam a relação livre. (Foto: divulgação)

Cada dia mais os relacionamentos abertos estão fazendo parte da vida das pessoas. Os casais poliafetivos fazem parte dessa modernidade, onde desempenham uma relação aberta sem que haja cobrança por parte dos envolvidos na mesma. Para entrar em uma relação assim é preciso estar disposto a aceitar a relação do outro sem ciúmes e outros desentendimentos.

Top