Cartão de débito é a nova tendência para o e-commerce

Felipo Bellini 26/10/2021 Notícias

O cartão de débito se torna tendência ao e-commerce por trazer maior praticidade na vida dos consumidores, o que não era possível alguns anos atrás por conta do Internet Banking, que por sua vez exigia todo um processo de segurança quase que arcaico dentro do computador. Isso muitas vezes afastava o consumidor que desejava utilizar o cartão de débito para compras.

Cartão de débito é a nova tendência para o e-commerce

Fonte/Reprodução: original

Atualmente, graças aos avanços da praticidade envolvendo o débito, finalmente é possível usar sem dificuldades e assim desfrutar de boas compras nos E-commerces!

Como a aceitação do cartão de débito vai impactar o comércio online?

Antecipadamente, existem cerca de 160 milhões de cartões de débito que são capazes de realizar compras através da Internet, todos são otimizados para este processo. Normalmente, as pessoas desejam comprar sem fazer a utilização do cartão de crédito para não gerar mais despesas, portanto, a saída seria fazer compras com o débito. Basta observar a traseira do cartão para ver os números que anos atrás não existiam. 

O Pix e o cartão de débito poderão bater de frente com as questões de segurança para quem optar por usar um dos dois no ato de compra.

O que é e-commerce

O e-commerce é popularmente conhecido como comércio virtual ou comércio eletrônico, por exemplo, sua principal finalidade é a de oferecer serviços e produtos pela Internet, que podem atrair os clientes.

Normalmente, as compras são realizadas através de computadores, tablets ou smartphones. Os processos se tornaram práticos e mais rápidos ao comprar um produto online através do cartão de crédito e, agora, com o débito.

Qual é a importância do e-commerce na economia?

Sobretudo, é interessante ressaltar que o e-commerce, somente no Brasil, cresceu cerca de 47%, somente no ano de 2020, este que havia entrado em um cenário complicado por conta da pandemia de Covid-19.

Este é o maior índice até então. A economia gira, atualmente, através do e-commerce que trouxe maiores possibilidades aos consumidores de obterem produto X sem precisar sair do conforto de sua casa para o procurar. 

A economia brasileira passou a crescer rapidamente com os avanços do e-commerce e todos os setores que lidam com entregas passaram a receber mais e mais encomendas para serem entregues diariamente pelo Brasil. De um modo positivo, a economia consegue respirar mesmo com os problemas deixados pela pandemia. 

Outros artigos

Estrias Vermelhas: Como Tratar

12/01/2016

Estrias Vermelhas: Como Tratar

As estrias vermelhas são marcas que afetam a aparência da pele, representando o rompimento dos vasos e prejudicando diversas áreas do corpo. O excesso de distensão é...

Nube Abre Vagas de Estágio

12/03/2009

Nube Abre Vagas de Estágio

    Foram abertas pelo Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) 2.359 vagas de estágio para todo o Brasil. Podem se candidatar aqueles que está cursando o e...