Camisinha: como usar

O uso da camisinha é o único método contraceptivo capaz de prevenir não só a AIDS, mas uma gama de doenças sexualmente transmissíveis, quando…

A camisinha previne não só a Aids, mas uma série de doenças sexualmente transmissíveis.

O uso da camisinha é o único método contraceptivo capaz de prevenir não só a AIDS, mas uma gama de doenças sexualmente transmissíveis, quando utilizada em todas as modalidades sexuais (genital, oral e anal). Assim, compreender como se faz o uso correto desse preservativo é necessário.

Para garantir a segurança completa, é importante que a camisinha seja, em primeiro lugar, de qualidade, e que não tenha ultrapassado o prazo de vencimento. Além disso, nunca utilize vaselina ou outro tipo de óleo para lubrificação: prefira camisinhas que já contenham substâncias especiais para este fim ou adquira lubrificantes especiais, sempre à base de água.

A camisinha previne não só a Aids, mas uma série de doenças sexualmente transmissíveis.

Procedimento de uso       

A camisinha deve ser colocada quando o pênis estiver ereto, antes da penetração. Para tal, é necessário abrir a embalagem, delicadamente, com as mãos.

  • Para abrir o pacote onde vem o preservativo, aperte o bico da camisinha até sair todo o ar, evite apertar demais para não estragá-la;
  • Deixe um espaço vazio de aproximadamente 02 cm na ponta da camisinha. Como medida de segurança dê uma leve torcida na ponta, essa região vai servir de depósito para o esperma. Algumas camisinhas já têm uma ponta especial para esse fim;
  • Sem deixar o ar entrar, vá desenrolando a camisinha até que o pênis fique coberto (próximo aos pêlos). Se ela não estiver bem encaixada ou se ficar ar dentro, pode acabar rasgando. Caso isso ocorra faça a substituição imediatamente;
  • Se a camisinha romper durante a relação, retire-a do pênis e coloque uma nova. Tenha sempre várias camisinhas de reserva;
  • Depois de ejacular, retire o pênis enquanto ainda estiver ereto. Quando o pênis começa a amolecer, a camisinha fica frouxa, permitindo que o esperma escape pela parte de cima (o que pode causar contaminação);
  • Retire a camisinha com cuidado: não deixe que ela escorregue, nem que o líquido seja derramado. Depois de retirada, amarre-a, embrulhe em papel higiênico e jogue no lixo.
Leia Também:  Bradesco NET Empresa

É importante destacar também que a embalagem só deve ser aberta quando for utilizar o preservativo. Nunca usar a mesma camisinha mais de uma vez. Além disso, existem no mercado várias marcas de preservativos que contém espermicida, potencializando ainda mais o efeito contraceptivo, caso você sinta que precisa de uma segurança a mais.

Sexo seguro, só com camisinha.

A camisinha masculina é um dos métodos contraceptivos mais seguros. No Brasil há distribuição gratuita dela em rede pública de saúde, por isso não há desculpas para não usar esse método seguro contra doenças graves.

Top