Brasil tem maior taxa de reprovação no ensino médio desde 1999

O índice de reprovação no ensino médio brasileiro tornou a aumentar em 2011 e bateu recorde, alcançando 13,1% na média nacional. É a taxa…

O Rio Grande do Sul, com 20,7%, foi o único estado com índice de reprovação maior do que a do Rio.

O índice de reprovação no ensino médio brasileiro tornou a aumentar em 2011 e bateu recorde, alcançando 13,1% na média nacional. É a taxa mais alta já notada desde 1999, primeiro ano disponível para consulta, na internet, no portal do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais). Numa situação bem pior do que a média do país, o Rio de Janeiro apresentou uma breve melhora, porém conservou a posição de segundo estado com o maior índice de reprovação do ensino médio no ano passado, com 18,5%.

Leia mais: Ensino Médio deveria ter pelo menos 2 milhões de alunos, diz Inep

O mais recente relatório de reprovação foi publicado no início da semana pelo Inep. Eles levam em conta a performance dos alunos da rede pública e privada. De acordo com o relatório já divulgado pelo órgão, o índice mais elevado de reprovação no país era o de 2007, quando 13% dos estudantes do ensino médio não passaram de ano.

Se forem avaliadas somente escolas públicas, o quadro ainda é mais alarmante. Na capital carioca, por exemplo, a taxa de reprovação em unidades publicas atingiu 20,1%. O índice da rede pública que em 2010 era de 13,4% em 2011 saltou para 14,1%. A reprovação nas instituições particulares brasileiras atingiu 6,1%. Menor do que a observado na rede privada do Rio, onde o índice foi de 9,9%.

A reprovação nas instituições particulares brasileiras atingiu 6,1%.

O Rio Grande do Sul, com 20,7%, foi o único estado com índice de reprovação maior do que a do Rio. Os estudantes que abandonam as escolas, é outro grupo de estudantes que também aparece nas estatísticas de matrícula, os quais não consegue prosseguir. No ano passado, no país 9,6% largaram os estudos. Em 2010, esse porcentual era de 10,3%.

Leia Também:  No Brasil apenas 15,5% dos PCs possui antivirus, diz estudo

A totalização de reprovação e abandono acarreta um número assustador. Em 2011, nada menos do que 22,7% dos estudantes do ensino médio ficaram nessa condição, ou seja, a taxa de aprovação, foi de 77,3% no ensino médio no ano passado. No Rio, o índice  de aprovação foi ainda menor: 71,4%.

No ensino fundamental, ocorreu situação inversa ao do ensino médio. O índice de aprovação no país teve uma queda; de 10,3% caiu para 9,6% entre 2010 e 2011.  A taxa de abandona também diminuiu de 3,1% caiu para 2,8% no mesmo intervalo. Na capital carioca, o percentual de reprovados teve queda de 15$ em 2010 para 13,1% em 2011. Com isso a capital passou a ser o novo estado com o índice mais alto de reprovação no fundamental.

Top