sexta-feira, 3 de fevereiro de 2023 - 03/02/2023 06:52:45
MundodasTribos

Pessoas com deficiência que recebem o BPC e que conseguirem um emprego com a carteira assinada, vão poder ser incluídos no pagamento do auxílio criado pelo governo a partir do início do mês de outubro.

O que este artigo aborda:

Quem tem direito ao Auxílio-inclusão?

 O Valor atribuído será de R$ 550 e terão direito àqueles com deficiência normal ou grave que estiverem inscritas no Cadastro Único e que recebam uma remuneração de dois salários. Ao solicitar este auxílio, o deficiente não poderá mais receber o BPC. Quem teve a suspensão desse benefício poderá também solicitar o Auxílio.

Caso o beneficiado perca o seu emprego, perderá também o auxílio-inclusão, mas no fim, poderá receber o Benefício de Prestação Continuada novamente.

Com o valor de R$ 550, Auxílio-inclusão começa a ser pago em outubro

Fonte/Reprodução: Portal Meu Cadúnico.

O que é o Auxílio-inclusão?

 Sancionado no mês de junho, este benefício tem o objetivo de ajudar financeiramente as pessoas com deficiência e os idosos que são ingressados novamente no mercado de trabalho com a carteira assinada, sendo estes também de baixa renda e estejam inscritos no BPC. 

Será pago ao beneficiário R$ 550, que poderá também ingressar no mercado de trabalho com a carteira assinada, sendo este pagamento, um incentivo ao não-desemprego. 

Entretanto, existe um requisito limite para o recebimento deste dinheiro, o beneficiário tem que estar recebendo até no máximo dois salários mínimos e se passar deste valor, poderá ter a quantia adicional cortada.

O Auxílio-inclusão começará a ser atribuído no primeiro dia do mês de outubro deste ano, os beneficiários têm de ter cautela para atender todos os critérios e perícias solicitadas, além de ter que se cadastrar no CadÚnico (Cadastro Único).

O Auxílio não pode ser pago conjuntamente com os outros benefícios, como o de pensão ou aposentadoria, além de não ter descontos e não incluir o direito ao 13º salário.

Caso ocorra irregularidades ou fraudes nos pagamentos, como o não atendimento dos requisitos para receber o benefício do Auxílio-inclusão, aquele que se beneficiava, poderá ter de pagar ao governo todos os valores que foram recebidos.

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Felipo Bellini

Empresário, Tradutor e professor formado em Letras Inglês. Atualmente gerencio a empresa Tutora.me - Uma rede social de educação que visa a interação entre professores e alunos - e a empresa Traduza.biz - especializada em tradução acadêmica.

1

Pode ser do seu interesse

IFSC abre novos cursos técnicos para 2015

IFSC abre novos cursos técnicos para 2015

Novo Honda Civic hatch 2017

Novo Honda Civic hatch 2017

SENAC Campo Grande MS Cursos Gratuitos 2011

SENAC Campo Grande MS Cursos Gratuitos 2011

Veja se MEI precisa devolver o Auxílio Emergencial

Veja se MEI precisa devolver o Auxílio Emergencial

Graduação a Distância em Pedagogia e Teologia – Metodista

Graduação a Distância em Pedagogia e Teologia – Metodista

Lançamentos Vult Cosméticos

Lançamentos Vult Cosméticos