quarta-feira, 10 de agosto de 2022 - 10/08/2022 21:07:25
MundodasTribos

O Auxílio-inclusão entrará em vigor no próximo mês, com valor de R$ 550,00, para pessoas com deficiência media ou grave. Terá direito ao auxílio quem estiver inscrito no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e conseguir um emprego com carteira assinada.

O que este artigo aborda:

O que é o Auxílio-Inclusão?

O Auxílio-Inclusão é um benefício de caráter assistencial que será validado em outubro de 2021 para as pessoas com alguma deficiência de teor moderado e/ou grave, que tem a sua inscrição no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e, posteriormente, conseguirem um emprego de caráter formal, ou seja, com a carteira assinada. 

O valor do Auxílio-Inclusão será o preço que equivale a 50% do valor do BPC, ou seja, será pago R $550,00 para cada um dos beneficiários pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a partir do 1° dia útil de outubro de 2021.

Auxílio-Inclusão começará a ser pago no próximo mês

Fonte/Reprodução: Original

Apesar de sua recente criação no ano de 2021, o Auxílio-Inclusão já estava previsto na Lei brasileira de Inclusão, que também é conhecida como Estatuto da Pessoa com Deficiência.

O que é preciso para garantir o direito ao Auxílio-Inclusão?

Para você ter o seu direito garantido ao pagamento do Auxílio-Inclusão, é necessário que você cumpra com os seguintes requisitos listados abaixo:

  • Estar recebendo o pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e passar a exercer um serviço remunerado de limitação a dois salários mínimos, o que corresponde o valor de R$ 2.200,00;
  • Ser uma pessoa do Regime Geral de Previdência Social ou com alguma filiação ao regime de Previdência Social da União, dos Estados, do Distrito Federal ou dos Municípios.
  • Ter atualizado a sua inscrição Cadastro Único (CadÚnico) na hora em que solicitar o pedido do pagamento do Auxílio-Inclusão, assim como manter o seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) atualizado;
  • Atender a todas as normas do sistema de manutenção do Benefício de Prestação Continuada (BPC), que correspondem à comprovação da renda familiar mensal, que é um documento necessário para a garantia do acesso ao benefício.

Será retirado do Benefício de Prestação Continuada (BPC), a pessoa com deficiência que conseguir um trabalho com carteira assinada. Porém, será garantido a ela, o pagamento de R $550 do Auxílio-Inclusão, além do recebimento de seu salário mensal através de sua prestação de serviços dado no trabalho.

Segundo o Governo Federal, o Auxílio-Inclusão tem o funcionamento de caráter incentivador, para que as pessoas com deficiência entrem para o mercado de trabalho.

O Ministério da Cidadania garante que, em caso de perda do emprego e consequentemente não tenha renda necessária para o seu sustento, a pessoa retorna de um modo automático a ser um beneficiário do Benefício de Prestação Continuada (BPC), sem a necessidade de precisar por novas avaliações para saber se tem garantia ao benefício.

Fora apresentado aqui o que você precisa saber a respeito do Auxílio-Inclusão.

O conteúdo "Auxílio-Inclusão começará a ser pago no próximo mês" foi feito por Felipo Bellini e distribuído por MundodasTribos na categoria Economia em .

Felipo Bellini

Empresário, Tradutor e professor formado em Letras Inglês. Atualmente gerencio a empresa Tutora.me - Uma rede social de educação que visa a interação entre professores e alunos - e a empresa Traduza.biz - especializada em tradução acadêmica.

1

Pode ser do seu interesse

Programa para fazer declaração de IR 2013

Programa para fazer declaração de IR 2013

15 negócios para faturar com as Olimpíadas de 2016

15 negócios para faturar com as Olimpíadas de 2016

Dicas e soluções para o pente fino do INSS

Dicas e soluções para o pente fino do INSS

Aplicações Rentáveis, Dicas de Investimentos

Aplicações Rentáveis, Dicas de Investimentos

Leilão de jatinhos da Receita

Leilão de jatinhos da Receita

Cuidados para abrir um negócio

Cuidados para abrir um negócio