Aprenda a Escolher um Destino de Viagem

O primeiro passo para o planejamento de qualquer viagem depende de um fator que define todo o resto: o destino. Se a princípio esta…

O primeiro passo para o planejamento de qualquer viagem depende de um fator que define todo o resto: o destino. Se a princípio esta pode parecer uma questão óbvia, saiba que a escolha deve ser muito bem pensada para que os momentos de lazer sejam bem aproveitados, de acordo com o objetivo da viagem. Aventura, descanso, diversão noturna, pontos turísticos culturais: são inúmeras variantes dependendo do estilo do viajante. Portanto, se você já está pensando nas próximas férias, veja as dicas abaixo:

Transporte: a distância a ser percorrida é essencial. Para quem não tem problemas em viajar de avião, os destinos podem ser mais longíquos, já que as grandes distâncias são facilmente encurtadas pelo transporte aéreo, que se populariza cada vez mais no Brasil. Porém, se você é do time dos que preferem curtir uma viagem de carro ou de ônibus, avalie a quilometragem: talvez seja interessante descobrir outros destinos entre a origem e a chegada, para tornar a viagem menos cansativa, além de ter a oportunidade de conhecer mais de um local durante a viagem.

Hospedagem: pousadas, hotéis de luxo ou albergues? Em destinos com boa infraestrutura turística é possível encontrar todos os tipos. Porém, se o local for menos badalado ou mais rústico, pode ser que as opções de hospedagem sejam escassas. No Brasil, por exemplo, algumas praias mais escondidas oferecem hospedagens mais simples, assim como algumas cidades menores. No entanto, se o rumo for para uma grande cidade, é possível se hospedar em hotéis de luxo. Se esta é uma questão importante para você, pesquise antes de partir.

Preço: cada destino, um preço diferente. Se você pretende fazer uma viagem econômica, é preciso pesar as prioridades: talvez seja possível economizar no transporte e gastar mais na hospedagem. Pode ser também que o local ofereça muitas opções de passeios gratuitos, enquanto em outros destinos, as visitações a museus e outras atrações turísticas sejam pagas. Coloque tudo no papel e veja o que vale mais a pena e o que cabe no seu bolso.

Leia Também:  Ambrosia de chocolate

Passeios: pode ser que você queira fazer uma viagem para descansar, sem se preocupar em conhecer os arredores do local. Mas, talvez, a viagem seja para aproveitar tudo que o destino oferece, com passeios diversos, viagens curtas a localidades vizinhas… pense no que você pretende com a viagem e planeje antecipadamente. Em alguns locais, durante a baixa temporada, muitas atrações que normalmente são cobradas (como entradas de museus e pontos turísticos) têm preços mais baixos ou são liberadas.

Documentação: para viagens cujo destino é o exterior, é importante ficar atento para a documentação exigida, em geral são necessários vistos, vacinas, validade do passaporte, entre outros. Portanto, junto com o planejamento de todos os itens anteriores, é preciso organizar toda a papelada para evitar problemas na hora do embarque. Uma consulta ao consulado do país é a forma mais rápida e eficiente de tirar todas as dúvidas!

Depois de pensar em todos estes itens, provavelmente você já terá chegado à conclusão de qual é o destino ideal para a sua viagem. Caso contrário, uma boa dica é pedir dicas a amigos, procurar fóruns de viajantes na internet e pesquisar mais sobre alguns dos destinos mais procurados. Com todas estas informações, basta traçar a rota e colocar o pé na estrada. Boa viagem!

Top