Apenas 20% dos doadores de sangue são voluntários, diz pesquisa

Cirurgias que exigem vasta reposição de sangue e tratamentos radio ou quimioterápicos são circunstâncias corriqueiras no dia a dia de um hospital, sendo assim,…

Hoje 14 de junho é celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue.

Cirurgias que exigem vasta reposição de sangue e tratamentos radio ou quimioterápicos são circunstâncias corriqueiras no dia a dia de um hospital, sendo assim, é imprescindível que o banco de sangue esteja abastecido para suprir as necessidades dos pacientes. Todavia, de acordo com uma análise realizada pelo Hospital A.C.Camargo, somente 1 entre 10 doadores são voluntários sem laço afetivo com receptores.

“Recebemos uma média de 60 a 70 doadores por dia e, infelizmente, apenas 20% deles são voluntários. Os outros 80% são fruto de ação interna que fazemos junto aos familiares e amigos com a proposta de sensibilizá-los”, destaca a hemoterapeuta/hematologista do A.C.Camargo, Rivânia Almeida de Andrade.

Leia mais: 14 de junho – Dia mundial do doador de sangue

No dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado hoje (14), os hospitais desejam incentivar a procura instintiva pelos bancos de sangue, já que,  durante os meses de junho e julho o número de doações tem queda. “Não podemos repetir o fato de haver queda do número de doadores durante as férias escolares de julho e chegada do Inverno”, alerta Andrade.

Diagnósticos

Segundo análise somente 1 entre 10 doadores são voluntários sem laço afetivo com receptores.

Confira: Requisitos mínimos para doação de sangue

Diversos hospitais proporcionam aos doadores exames de sangue para verificar a presença de algumas enfermidades como: câncer de próstata, pâncreas e tireoide. Além de exames realizados em todos os hospitais que constatam hepatites B e C, Aids, sífilis e doença de chagas. Ao receber o resultado dos exames, o doador já pode ser encaminhado para o tratamento necessário, caso apresente alguma das patologias.

Continuar Lendo  Cuidados para contratar uma babá

Top