Amidalite: sintomas, tratamento

A amigdalite é uma doença infecciosa bastante comum e que cursa com um quadro clínico bem característico. Esclareça algumas dúvidas sobre o assunto e conheça os sintomas e tratamento para amigdalite.

Confira dicas de como tratar a dor de garganta.

A dor de garganta é um problema frequente e que cursa com sintomas bem desagradáveis. (Foto: divulgação)

O que é amigdalite

Amigdalite é a infecção das amigdalas, uma das estruturas que compõem o sistema de defesa no organismo. A etiologia do problema pode ser viral (mais comum em crianças) ou bacteriana (mais frequente em jovens e adultos) e, em alguns casos, até mesmo pela associação entre esses dois agentes. Apesar de o quadro clínico poder ser confundido com outras patologias, o exame físico da orofaringe, na maioria dos casos, é o suficiente para fechar o diagnóstico.

Principais sintomas

O sintoma mais comum de amigdalite é a odinofagia (dor na garganta), que pode ser tão intensa a ponto de causar náuseas mediante a tentativa de deglutição. Geralmente este sintoma está associado à hiporexia e halitose. É importante lembrar que, apesar de ser uma doença com local de acometimento bem delimitado, não é incomum a ocorrência de sintomas generalizados, como febre.

Na doença de etiologia bacteriana é possível visualizar placas de pus. (Foto: divulgação)

Ao exame físico, na maioria dos casos é possível palpar os linfonodos submandibulares ou cervicais de tamanho aumentado e dolorosos à palpação. As amígdalas se encontram hipertróficas, com intenso eritema nas paredes da orofaringe e, eventualmente, placas de pus (quando o agente é uma bactéria).

Tratamento

Para instituir o tratamento adequado é essencial determinar a causa da amigdalite. Nos pacientes com a doença causada por vírus, o tratamento se constitui no uso de medicação sintomática, como os analgésicos e anti-inflamatórios, até que ocorra a remissão dos sintomas.

Os principais agentes envolvidos na amigdalite bacteriana são o estreptococos e o estafilococos. Nessas situações é necessária a utilização de antibióticos específicos. É muito importante frisar a importância do uso correto desse tipo de medicamento, que deve ser feito apenas com indicação médica. A automedicação com antibióticos resulta na seleção de cepas bacterianas cada vez mais resistentes, enquanto que a interrupção do uso da medicação antes do prazo adequado pode provocar complicações graves, como febre reumática e nefrite.

Pacientes que sofrem de amigdalite crônica não podem deixar de procurar auxílio médico, para que seja investigada a razão da inflamação e instituída a terapia adequada. Em alguns casos específicos, como nos de amigdalite de repetição, pode estar indicada a remoção cirúrgica das amigdalas.

Conheça os benefícios do mel para a saúde.

O principal sintoma de amigdalite é a odinofagia. (Foto: divulgação)

A amigdalite é um problema bastante comum, que cursa com sintomas muito incômodos e que tiram o sossego de muita gente. Essa doença pode ser causada tanto por vírus como por bactérias e é essencial procurar atendimento médico, para que seja instituída a melhor conduta terapêutica.

Reply