Aftas nos bebês: o que como tratar

Aftas nos bebês: o que como tratar

Muitas mulheres estão realizando o sonho de ser mães. No entanto, muitas delas possuem dúvidas sobre os problemas que os pequenos podem apresentar durante…

Por Editorial MDT em 28/09/2013

Muitas mulheres estão realizando o sonho de ser mães. No entanto, muitas delas possuem dúvidas sobre os problemas que os pequenos podem apresentar durante os primeiros meses de vida. Entre as queixas mais comuns, podemos citar a afta nos bebês. Saiba o que é e como tratar as aftas nos bebês.

As aftas também são conhecidas como estomatite e merecem atenção especial pelas mamães. (Foto: divulgação)

Aprenda mais sobre as aftas nos bebês

As aftas ou a estomatite é uma infecção viral, causada pelo vírus herpes simples tipo 1 e é muito comum entre as crianças e que causa diversas lesões na boca e na garganta dos pequenos. Devido a isso, o bebê apresenta muito desconforto e dor, em especial, durante a deglutição. É importante ressaltar que outros tipos de vírus como o coxsakie também pode provocar as aftas. No entanto, essas lesões se manifestam nas mãos, nos pés e na boca.

Reconhecendo as manifestações clínicas

Como foi anteriormente mencionado, as aftas na região bucal é a principal manifestação da infecção viral. As lesões costumam ser pequenas, com 1 a 5 milímetros de diâmetro, de coloração acinzentada ou amarelada no centro e avermelhada por fora. A gravidade e a localização das feridas dependem do tipo de vírus que está provocando a estomatite. As aftas podem aparecer na gengiva, na parte interna das bochechas e no fundo da boca, podendo acometer a língua, as amigdalas e o céu da boca. Devido a dor, o bebê pode apresentar irritabilidade, além de perder o apetite, apresentar mau hálito e febre.

A afta é um problema muito comum entre os bebês. (Foto: divulgação)

 

Conheça mais sobre o tratamento para a afta

Antes de citar sobre o tratamento, é necessário dizer que o bebê não precisa utilizar antibiótico para combater a doença, uma vez que a afta é uma infecção viral. Conheça abaixo algumas informações sobre como aliviar o desconforto da criança, evitando as consequências do problema.

  • A mãe pode recorrer ao uso de analgésicos que ajudam a reduzir a dor e a febre. No entanto, antes de fazer o uso por conta própria, é ideal que os pais busquem a orientação de um especialista.
  • Continuar o fornecimento da água para a criança é essencial para mantê-la hidratada. Uma dica é fornecer bebidas que agradem a criança, como os sucos.

    Diante da persistência do quadro de aftas, é importante que os pais busquem a orientação de um especialista. (Foto: divulgação)

A estomatite ou as aftas é um problema muito comum entre os bebês. No entanto, não é necessário que as mães fiquem aflitas diante da patologia, uma vez que a infecção tem tratamento. Após conhecer mais sobre as aftas, incluindo sua definição e tratamento, é importante que as mães fiquem atentas as manifestações associadas ao problema e, diante de qualquer manifestação preocupante, buscar a orientação de um especialista. 

Top