7 dicas para viajar sem fazer dívidas

Um dos grandes obstáculos para se fazer uma viagem é conseguir adaptar os gastos ao orçamento. Principalmente durante a alta temporada, fica complicado cuidar…

Um dos grandes obstáculos para se fazer uma viagem é conseguir adaptar os gastos ao orçamento. Principalmente durante a alta temporada, fica complicado cuidar de todos os preparativos para viajar levando em conta os limites das finanças pessoais. O planejamento fica ainda mais complicado quando não é feito com certa antecedência.

Confira dicas para fazer uma viagem sem se endividar:

1. Guarde dinheiro para a viagem: não dá para decidir viajar na última hora, sem ter verba o suficiente, ou seja, é necessário estar com o bolso preparado. Economize pelo menos um pouco do salário viajar, guardando-o na poupança. Não se esqueça de que além dos gastos com o pacote, também há as despesas com alimentação, compras e passeios.

2. Antecipe-se com as reservas: os preparativos para as viagens precisam começar com pelo menos quatro meses de antecedência, principalmente se for com destino para o exterior. Ao fazer a reserva, o turista terá acesso aos melhores lugares nos voos e quartos de hotéis. Os preços também se revelam mais acessíveis e com possibilidade de parcelamento.

3. Defina um destino: reúna os companheiros de viagem para definir os detalhes, tal como o destino. Uma família que sairá de viagem precisa determinar os limites para cada membro, assim fica mais fácil poupar dinheiro e conter as despesas desnecessárias.

4. Pesquise os preços dos pacotes: não adquira o primeiro pacote turístico que encontrar, afinal, é necessário conhecer as ofertas de todas as agências para fechar o melhor negócio. Daí a importância da antecedência para fazer pesquisas com resultados mais palpáveis.

5. Economize na compra de lembrancinhas: os turistas são grandes consumidores, principalmente quando dispõem de cartões de crédito. As cidades turísticas costumam se aproveitar disso para cobrar mais caro por determinados produtos e serviço, por isso é importante ter o controle do dinheiro. Não se empolgue com a compra de lembrancinhas para amigos e familiares, isso vai resultar em dívidas.

Leia Também:  Como eliminar carrapatos

6. Estabeleça limites de gastos diários: a partir do momento em que a viagem for combinada, já procure estipular limites de gastos, em cada dia de viagem. Esse tipo de planejamento financeiro é fundamental para não ficar no vermelho.

7. Aproveite os passeios gratuitos: nas cidades turísticas sempre há lugares interessantes para visitar sem qualquer tipo de gastos. As praças e monumentos costumam ser alvo dos visitantes para tirar fotos ou para fazer deliciosos passeios.

Top