Menu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Sugestões para escolher a cor de parede da sua casa

Que tal mudar as cores? Elas têm grande influência no nosso humor e podem transformar, de vez, os ambientes de forma divertida, romântica, dramática...

Deu aquela vontade de mudar a casa, mas não sabe exatamente o que fazer? Que tal mudar as cores? Elas têm grande influência no nosso humor e podem transformar, de vez, os ambientes de forma divertida, romântica, dramática…

Separamos algumas dicas, para você acertar em cheio na pintura das paredes e dar cara nova a sua casa. 

O poder das cores

Amarelo (cozinhas, banheiros e quartos infantis): alegria e vitalidade – É a cor da luz, desperta o intelecto e estimula e muito a criatividade. Combina perfeitamente com madeiras claras e enfatiza cores escuras.

Laranja (todos os ambientes): energia – Ajuda nas relações, desperta o apetite e diminui a ansiedade. Tons mais claros de laranja potencializam a luz natural e os mais escuros aquecem. Realça com elegância fibras vegetais, couro e madeira.

Vermelho (cozinhas, salões ou banheiros amplos e bem iluminados): vitalidade e desejo de ação – Cria ambientes íntimos e envolventes, transmitindo dinamismo. Deve ser combinado com revestimentos e móveis claros.

Verde (todos os ambientes): esperança – Cor ligada à natureza, fica bem em todos os ambientes, em especial salas e locais de trabalho e estudos. Tons claros são mais atrativos e os escuros remetem à sofisticação. Combina com qualquer outra cor.

Azul (dormitórios, escritórios e as salas de refeições): relaxante e tranquilizante – Harmoniza-se com peças e móveis em branco e madeiras, em tonalidades claras. Perfeito para recriar ambientes em estilo mediterrâneo e marinho. Lilás e rosa (dormitórios infantis e espaços menores): beleza e ingenuidade – Cores da cordialidade e da delicadeza, combinam com detalhes em notas brancas e podem ser usados em locais menores para não perder o efeito. Tons fortes podem agravar o estado de depressão. Evite-os.

Branco (espaços pequenos com pouca luminosidade): paz, amplitude e infinito – Espaços menores ganham amplitude com o branco, que combina com qualquer madeira, porém,  necessita de detalhes em cores mais vivas e quentes.

Bege e Creme (salas e dormitórios): serenidade – São cores elegantes que acalmam, se encaixam com facilidade em estilos diferentes. Realça a textura de pinturas e de objetos e também de móveis, em madeira escura.

Tons Terra (terracota, argila, terra e areia – Salas, quartos, cozinhas e banheiros): naturalidade e sobriedade – Podem recriar espaços com originalidade, remetendo a natureza e segurança. Em paredes externas, ficam ainda mais lindas quando em contato com a luz natural.

Preto (detalhes) – ausência de cor, sombrio, agressividade: É perfeito para ser usado em detalhes no realce de todas as outras cores.  

Não tenha medo de ousar, as cores não são pra vida toda. Se não gostar ou enjoar, troque! Coloque sua personalidade nos ambientes, não adianta pintar nas cores que são tendência, se elas não te agradam.

Escolha sem medo de errar!

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL