Menu
Você está em: MundoDasTribos > Novo salário mínimo tem reajuste de 14,13%

O salário passa de R$ 788 para R$ 880, um acréscimo de R$ 92,00. Uma ótima notícia para começar o ano.

A partir dessa sexta-feira 1º de janeiro de 2016, começou a valer o reajuste do salário mínimo, o qual passa de R$ 788,00 para R$ 880,00 um acréscimo de R$ 92,00. O novo salário mínimo equivale a R$ 29,33 por dia. Isso quer dizer que o novo salário mínimo tem reajuste de 11,68%.

Novo salário mínimo tem reajuste de 11,68% (Foto: Divulgação)

Novo salário mínimo tem reajuste de 11,68% (Foto: Divulgação)

Novo salário mínimo tem reajuste de 11,68%

De acordo com acordo feito entre o governo e as centrais sindicais a sua forma de reajuste alcança aproximadamente 77%, o maior crescimento real em quase 76 anos de historia do salário mínimo no Brasil. Ainda segundo o Dieese, 1,4 milhões de indivíduos possuem sua remuneração ligada ao valor do salário mínimo e, deste modo, serão diretamente favorecidas com o acréscimo. O governo tem o maior reajuste do salário mínimo desde o ano de 2002 com o crescimento de aproximadamente 77% tendo o maior crescimento real em quase 76 anos de história do salário mínimo.

Veja aqui: Empregada Domestica Salário Mínimo 2016

Aumento do salário fica na balança em contraponto com a economia (Foto: Divulgação)

Aumento do salário fica na balança em contraponto com a economia (Foto: Divulgação)

Novo aumento

O novo aumento é uma continuidade da política de valorização do mesmo que foi divulgado em lei no ano de 2007 que teve a garantia de um aumento real de 76% do seu valor entre os anos de 2003 e 2015. De acordo com informações do DIEESE o reajuste ocorrido representará um aumento na economia brasileira de R$ 51,5 bilhões.

Reajuste deverá ser real (Foto: Divulgação)

Reajuste deverá ser real (Foto: Divulgação)

De quanto será o reajuste para os beneficiários?

Os beneficiários que recebem mais que um salário mínimo terá o cálculo do aumento relacionado ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano de 2015, percentual divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em de janeiro de 2016. Miguel Rossetto ministro do Trabalho e Previdência Social afirma que o Brasil é um dos poucos países que assegura a valorização do salário mínimo, principalmente diante a desvalorização que a moeda brasileira se encontra e o cenário caótico que o país atravessa, essa é uma decisão muito importante para os trabalhadores e assegurados.

Obtenha mais informações aqui: Entenda a medida para o reajuste do salário mínimo

Brasil quer a tomada do crescimento com o novo salário mínimo (Foto: Divulgação)

Brasil quer a tomada do crescimento com o novo salário mínimo (Foto: Divulgação)

Tomada do crescimento

Para que o Brasil obtenha tomada do crescimento é importante que o governo federal continue investindo na valorização do salário mínimo para que a economia possa voltar a crescer e o país sair dessa turbulência que se instalou. Quem mais sofre com tudo isso é o povo que teme o desemprego e a pobreza. Com o crescimento da economia é possível garantir emprego e renda para que a população volte ás compras.

 


Recomendados para você:

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL