Menu

Mulher

Atualizado em 27 de agosto de 2012, às 10:06 por Élida Santos
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Mães que trabalham são mais saudáveis, diz estudo

As mulheres que trabalham e possuem um emprego com estabilidade são mais saudáveis do que as donas de casa e as mães que sofrem com a troca constante de emprego.

De acordo com uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, as mulheres que são mães e conciliam suas carreiras com as atividades do lar são mais saudáveis. O estudo comparou as mães que ficam em casa, as que trabalham em apenas um turno, as que trocam muito de local de trabalho e as que têm uma carreira de sucesso.

Leia também: Como não sentir culpa em trabalhar fora após o nascimento do bebê

 

506998 Maes q trabalham Mães que trabalham são mais saudáveis, diz estudoTrabalhar e cuidar dos filhos não é fácil, mas é saudável (Foto: Divulgação)

“O trabalho faz bem à saúde, tanto mental quanto fisicamente. Dá às mulheres um senso de propósito, de capacidade, de controle e de autonomia”, disse Adrianne Frech, da Universidade de Akron, que estava a frente da pesquisa e a apresentou no encontro da Associação Sociológica Americana.

De acordo com a pesquisadora, o isolamento social e a dependência financeira com relação aos parceiros das donas de casa são fatores de risco para essas mulheres. A comparação levou em conta aspectos como a agilidade, a disposição e os casos de depressão de mulheres com filhos, aos 40 anos de idade.

Mães que trocam de emprego frequentemente tem saúde afetada

Trabalhar e cuidar dos filhos faz bem à saúde das mulheres desde que o emprego seja estável ou a carreira esteja em um patamar consolidado. Quando a mãe troca muito de emprego (em geral porque foi demitida) isso não é nada saudável, de acordo com a pesquisa da Universidade de Akron.

Saiba mais sobre: Aprenda a trabalhar e ao mesmo tempo cuidar dos filhos

 

506998 maes Mães que trabalham são mais saudáveis, diz estudoO bebê e a criança ficam mais próximos e a saúde da mãe que trabalha moderadamente é melhor (Foto: Divulgação)

A insegurança no trabalho e a necessidade de procurar um novo posto geram um desgaste que se reflete na saúde dessas mães. “Não permita que transições na vida como o casamento e a maternidade lhe façam investir menos na educação ou na ambição profissional, pois são as mulheres que abrem mão de mais coisas pela família”, afirmou a pesquisadora.

Pesquisa divulgada em 2011 já apontava bem estar das mães que trabalham

Trabalhar durante a infância dos filhos faz bem à saúde mental e física das mães, de acordo com o estudo publicado no Journal of Family Psychology. Segundo a pesquisa, mulheres que saem de casa para trabalhar após o nascimento dos filhos tendem a ter uma melhor saúde geral e tem menos chances de ter depressão. O estudo norte-americano foi divulgado em dezembro de 2011 pela Universidade da Carolina do Norte.

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL

Ao subscrever nossa newsletter, passar receber nossos artigos por email e informações sobre os nossos passatempos. É gratuito e sem spam.