Vista cansada: como evitar, tratamentos, dicas

Nossos olhos possuem prazo de validade, pois foram feitos pra durar, sem problemas, até os 40 anos. A partir de então nossa lente natural…

Por Editorial MDT em 19/04/2012

Nossos olhos foram feito para chegar aos 40 anos sem problemas.

Nossos olhos possuem prazo de validade, pois foram feitos pra durar, sem problemas, até os 40 anos. A partir de então nossa lente natural (o cristalino) acaba perdendo sua capacidade de se contrair e relaxar efetivamente para se adaptar às diferentes distâncias e produzir imagens nítidas. Nesse momento pode ocorrer a chamada “fadiga visual”, conhecida popularmente como “vista cansada”, que recebe o nome técnico de presbiopia.

☰ CONTEÚDO

Sintomas

Os pacientes costumam se queixar de dificuldade de leitura e perda da nitidez e conforto visual; necessidade em ter maior iluminação; necessidade de afastar os objetos para poder enxergar melhor e, em alguns casos, pode haver coceira e ardência ocular.

Tratamentos

Ainda não foi descoberto um tratamento definitivo para resolver de uma vez por todas com esse problema, mas o estudo dos olhos avançou de maneira que hoje é possível optar entre várias formas de correção, sendo que todas apresentam excelentes resultados. Confira.

  • Lentes multifocais

O uso de óculos é uma ótima opção para corrigir o problema de vista cansada de pessoas como executivos e profissionais liberais, uma vez que, nesse tipo de labor, é indispensável deixar de encarar a tela do computador com certa frequência. A confecção das lentes é personalizada, para se adaptar às necessidades de cada pessoa.

  • Lentes de contato

Pesquisas do campo visual afirmam que uma discreta diferença visual entre os dois olhos é bem tolerada pelo cérebro, desde que respeite os limites exigidos para cada pessoa. Por isso, o uso de lentes de contato, onde um olho é focado para longe, enquanto outro é para perto, pode ser uma boa solução do problema. Outra alternativa, ainda dentro dessa categoria de tratamento, é o uso de lentes de contato bifocais, que podem apresentar maior dificuldade de adaptação para algumas pessoas.

Com o tempo é necessário uma distância cada vez maior para enxergar bem.

  • Cirurgia a laser

Pessoas que já apresentavam hipermetropia e faziam uso de óculos, antes dos 40 anos, podem se beneficiar com a cirurgia refrativa com Excimer Laser, que é um procedimento pouco invasivo, prático de ser realizado e muito eficiente.

  • Lentes intraoculares

É uma opção terapêutica bem avançada, que também serve para corrigir outros problemas de visão. Uma nova lente é implantada no olho, substituindo o cristalino, podendo, até mesmo, livrar o paciente da necessidade de usar óculos.

Dicas para adiar o problema

Confira algumas medidas simples, que podem aumentar a “vida útil” do cristalino e garantir uma visão perfeita por mais tempo:

  1. Opte por ler textos longos sempre impressos, e não em telas de computadores, celulares ou tablets;
  2. Opte por usar aparelhos com tela de alta resolução;
  3. Aumente o tamanho das letras no computador, quando for ler alguma coisa;
  4. Evite usar o óculos de leitura o tempo todo;
  5. Deixe de ler textos longos em locais pouco iluminados ou quando estiver muito cansado.

O uso de lentes corretivas é uma forma de tratamento.

O jeito é prestar uma atenção especial com nossa visão e, mediante o aparecimento de algum sintoma suspeito, não deixar de procurar atendimento especializado.

Top