Tratamentos Indicados contra Endometriose

Antes de falarmos sobre os tratamentos para endometriose, é importante que antes saibamos o que significa este problema de Saúde que agrava tantas mulheres.…

Antes de falarmos sobre os tratamentos para endometriose, é importante que antes saibamos o que significa este problema de Saúde que agrava tantas mulheres. Endometriose é uma doença caracterizada pela presença de tecido endometrial (tecido que reveste o útero internamente) fora da cavidade uterina. A causa exata é desconhecida.

Uma teoria indica que durante a menstruação as células do endométrio atravessariam por meio das trompas de Falópio para a cavidade peritoneal abdominal, onde se implantariam. Os locais mais comuns de implantação são os ovários, trompas de Falópio, superfície externa do útero e septo reto-vaginal (área entre a vagina e o reto). A cada menstruação este tecido endometriótico sangra causando dor pélvica, dor durante a relação sexual, queixas urinárias, intestinais e infertilidade.

Os sintomas da endometriose mais comuns incluem:
•    Dismenorréia severa (dor pélvica cíclica que ocorre antes e durante a menstruação)
•    Dispareunia (dor durante ou logo após o ato sexual)
•    Dor pélvica crônica
•    Infertilidade
•    Sintomas urinários com micções dolorosas
•    Dor na região lombar baixa (costas)
•    Desconforto abdominal

O diagnóstico na maioria das vezes compreende uma laparoscopia que é um procedimento cirúrgico ambulatorial onde uma câmara é colocada na cavidade abdominal através do umbigo, consentindo identificar as lesões e definir a extensão da doença. A remoção de um pequeno fragmento de tecido suspeito (biópsia) para a concretização de um exame anatomopatológico dará o diagnóstico de certeza.

Atualmente o tratamento para a endometriose depende um consenso entre paciente e médico, pois depois de uma analise então se decidirá qual caminho seguir. E um ponto que pesa bastante na hora do tratamento é se a paciente quiser engravidar, pois muitas vezes precisa encaminhá-la para um centro de reprodução humana, mesmo antes de iniciar o tratamento da endometriose.

Leia Também:  Bactérias que Fazem bem ao Organismo - Quais São

Atualmente não há cura para a endometriose. No entanto, a dor e os sintomas dessa doença podem ser diminuídos e controlados.
As principais metas do tratamento são:
•    Aliviar ou reduzir a dor (e outros sintomas).
•    Diminuir o tamanho dos implantes.
•    Reverter ou limitar a progressão da doença.
•    Preservar ou restaurar a fertilidade.
•    Evitar ou adiar a recorrência da doença.

O tratamento cirúrgico pode ser feito com laparoscopia. Os implantes de endometriose são destruídos por coagulação a laser, vaporização de alta frequência ou bisturi elétrico. A decisão cirúrgica é importante. A maior parte dos sucessos terapêuticos decorre de uma primeira cirurgia bem planejada. O tratamento clínico de formas brandas em mulheres que não pretendem engravidar pode ser feito com anticoncepcionais orais, injetáveis, implantes subdérmicos ou intra-uterinos.

Em mulheres que almejam engravidar, o tratamento contra a endometriose pode ser feito com cirurgia e tratamento hormonal, ou tratamento hormonal e depois cirurgia. No entanto, estudos atuais mostram que em mulheres com endometriose e que não conseguem engravidar, a melhor alternativa é a fertilização in vitro, e que a presença de endometriose não afeta as taxas de gravidez quando esse método é escolhido.

Top