Tratamento facial com caramujos: saiba mais

Tratamento facial com caramujos: saiba mais

Um novo tratamento facial está fazendo sucesso entre os britânicos. A técnica tem como objetivo melhorar a aparência da pele, ou seja, reduzir as…

Por Isabella Moretti em 01/09/2013

Um novo tratamento facial está fazendo sucesso entre os britânicos. A técnica tem como objetivo melhorar a aparência da pele, ou seja, reduzir as marcas causadas pelo tempo. Seria um procedimento normal, exceto por um fator: o rosto fica repleto de caramujos.

Os caramujos estão sendo usados para tratar a pele. (Foto:Divulgação)

Caramujos fazem bem para a pele

Um salão de beleza na Grã Bretanha oferece um tratamento facial com caramujos. Os moluscos favorecem a recuperação da vitalidade e da juventude da pele.

O caramujo melhora a pele porque sua gosma contém diversas proteínas importantes. O bicho também é rico em antioxidantes, que são substâncias que agem contra as rugas.

A técnica que utiliza caramujos é popular no Japão, mas ainda está buscando um espaço entre os Europeus. Quem não quer ficar com moluscos caminhando pelo rosto pode optar pelo uso de extratos de caramujos, que são cosméticos de luxo e oferecem muitos benefícios para a pele.

A gosma do molusco tem proteínas e antioxidantes. (Foto:Divulgação)

Os britânicos que experimentaram o tratamento com caramujos também comentaram sobre as sensações que tiveram com a técnica exótica. Alguns afirmaram sentir refrescância e cócegas no rosto. Para quem não tem nojo, o procedimento é uma ótima opção de relaxamento.

O tratamento com os moluscos não ganhou fama à toa. Os dermatologistas avaliaram as pessoas que se submeteram a técnica e perceberam que os resultados são realmente favoráveis.

Como as propriedades do caramujo são conhecidas desde a Grécia Antiga, o uso dos animais em tratamentos de beleza não é uma grande surpresa para a medicina estética.

Os caramujos usados para realizar o tratamento de pele não são os mesmos encontrados no jardim. Estes animais são criados em cativeiro e entram em quarentena após tratarem de um cliente. Desta forma, não vai adiantar sair caçando caramujos no quintal para combater as rugas. Os moluscos que estão na natureza podem favorecer a contaminação da pele.

Os caramujos precisam ser de cativeiro. (Foto:Divulgação)

O uso de animais nos tratamentos

Os caramujos não são os únicos animais que contribuem com o bem-estar, a saúde e a beleza humana. O peixe-médico também é usado como pedicure para fazer a limpeza dos pés. Os pequenos animais, em cardume, mordem os pés do cliente pra remover a pele morta, mas sem causar dor. Nos últimos tempos a técnica tem perdido adeptos por questões de higiene.

A sanguessuga é outro animal que costuma contribuir com tratamentos medicinais e de beleza. A atriz Demi Moore já declarou que coloca estes bichos na pele para “desintoxicar o sangue”.

No norte de Israel, um spa oferece uma massagem com cobras. A técnica é um tanto exótica, mas os corajosos que experimentaram o serviço aprovaram os resultados. O grande benefício é a sensação única de relaxamento, proporcionada pelo deslizar das serpentes pelo corpo.

Top