Trabalhar na Disney 2017: Como conseguir uma vaga

Já imaginou curtir a Disney por meses? Pois é, saiba que é possível conseguir um emprego na Disney. Ao contrário do que se imagina,…

Já imaginou curtir a Disney por meses? Pois é, saiba que é possível conseguir um emprego na Disney. Ao contrário do que se imagina, conseguir a vaga de emprego no parque de diversão mais incrível do mundo não é algo tão difícil, mas é sim algo desafiador. Se você estiver afim de saber, pode conferir neste artigo todos os detalhes dessa aventura que pode dar certo e você trabalhar ainda na Disney, quem sabe em 2017.

(Foto: Exame/Abril)

Veja como conseguir um emprego na Disney (Foto: Exame/Abril)

Entenda como funciona o emprego na Disney

Para trabalhar na Disney o interessado precisa seguir alguns requisitos, mas isso explicaremos num segundo momento. O processo seletivo aqui no Brasil é todo orientado pela STB (Student Travel Bureau), que é a agência estudantil responsável por todo os procedimentos e envio de jovens para o parque. No local é feito toda a seleção dos jovens, além de palestras e encontros para orientar sobre as etapas de escolhas.

(Foto: Exame/Abril)

Existe programa de intercâmbio para quem deseja trabalhar na DIsney (Foto: Exame/Abril)

Leia mais: Dicas para conseguir emprego na Disney

Requisitos para trabalhar na Disney

Como em qualquer empresa, é preciso seguir alguns requisitos para ingressar na Disney. Abaixo, listamos aqui o que você precisa para trabalhar no parque e ainda obter uma experiência incrível, conhecendo outras pessoas de países diferentes:

(Foto: Exame/Abril)

Disney, o maior parque temático do mundo (Foto: Exame/Abril)

  • Ter 18 anos até a data de início do processo seletivo;
  • Falar inglês fluente;
  • Ser estudante universitário regularmente matriculado em curso de bacharelado, sendo este presencial e reconhecido pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC). É preciso ainda que o estudante esteja com calendário acadêmico regular;
  • Estar cursando entre o segundo e o último período;
  • Ter disponibilidade para iniciar e completar o programa (novembro até o começo de março do ano seguinte);
  • Possuir condições financeiras para custear itens como o bilhete aéreo de ida e volta, seguro de saúde exigido pela Disney, as primeiras semanas de acomodação, taxa assessement fee (valor revertido para conservação do condomínio, eventos etc) e os custos do visto;
  • Aceitar a morar com participantes do programa vindos de diferentes países;
(Foto: Exame/Abril)

Confira os requisitos para trabalhar na DIsney (Foto: Exame/Abril)

O programa para trabalhar na Disney

Todo o processo para ingressar no intercâmbio de trabalho na Disney é feito em inglês, desde prova até entrevista. Portanto, o candidato realmente precisa falar bem a língua mundial e ainda ter algumas características importantes, como ser alegre e extrovertido, afinal ele vai trabalhar no parque de diversões. Durante o processo de entrevista, ainda ocorre alguns comentários, onde o candidato pode até escolher onde quer trabalhar, mas claro, a decisão é do profissional que está te escolhendo. Entre alguns setores com vagas disponíveis, normalmente, estão:

  • Operations, onde ocorrem as trações
  • Merchandise, para o pessoal que gosta de trabalhar em lojas e até quiosques
  • Custodial, profissionais do setor e responsáveis para cuidar da limpeza dos parques e restante do complexo
  • Character Attendent, profissional que dá o suporte para os personagens ao longo de seus passeios para tirarem fotos com os visitantes
  • PAC, área que cuida e controla ads multidões
  • Quick Service, trabalham nos restaurantes

Leia mais: Intercâmbio de trabalho na Disney

(Foto: Exame/Abril)

Profissionais atuam auxiliando diversos setores do parque (Foto: Exame/Abril)

Experiência de trabalhar na Disney

Muitos estudantes que realizam o intercâmbio e conheceram a Disney concordam com uma coisa: o ideal é você conhecer o local como visitante. Do contrário, você certamente não vai poder ficar brincando ou passeando ao longo do trabalho que foi executar. São três meses de muito empenho e o turismo fica para depois, quando dá e a pessoa se sente descansada. Por isso, se você quer conhecer lá, não vá a trabalho inicialmente, isso pode ser uma experiencia triste, já que não conseguirá aproveitar tudo e ainda terá que trabalhar.


Top