SP lança prontuário digital

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo lançou no dia 19 de agosto um modelo inédito de prontuário eletrônico unificado dos pacientes.…

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo lançou no dia 19 de agosto um modelo inédito de prontuário eletrônico unificado dos pacientes. O projeto vai permitir que os médicos tenham acesso rápido do histórico de atendimento em qualquer unidade do Sistema Único de Saúde (SUS) da rede estadual paulista.

São Paulo informatiza seus prontuários (Foto: Divulgação)

Até essa informatização de informações de pacientes, o sistema dos hospitais não era integrado, o que não permitia a visualização do caso do paciente que está em tratamento em várias unidades. Por isso, o médico precisa reiniciar o processo de tratamento, a avaliação clínica e tudo mais que é fundamental para um bom atendimento. O mesmo procedimento vale para as internações.

Prontuário informatizado é um projeto que está sendo desenvolvido faz um ano

O projeto de informatizar prontuário recebeu o nome de S4SP (Saúde para São Paulo) e começou a ser desenvolvido no começo do ano passado. Ele foi desenhado em parceria com a Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp) e recebeu investimentos de R$ 56 milhões. A companhia estatal garantirá o sigilo das informações de cerca de 20 milhões de pacientes atendidos pelo SUS no Estado.

O prontuário digital vai ajudar quem recebeu atendimento pelo SUS (Foto: Divulgação)

Sistemas de prontuários online funcionam como nuvem

Todo o sistema que oferece prontuários online irá funcionar em “nuvem”. Sendo que em 2012, o programa foi implementado em 11 hospitais da capital paulista, entre eles o Instituto do Coração (Incor), que serviram como piloto para análise e ajustes desse processo de informatização da rede de atendimento. Agora, o programa de prontuários online será estendido para outros 22 serviços, até mesmo em cidades do interior e do litoral do Estado de São Paulo, como Campinas e Santos.

Leia Também:  Lojas Zelo, Catálogo, Endereços

O modelo que informatiza informações de pacientes foi inspirado em outros semelhantes utilizados no Canadá, na Inglaterra e na Austrália.

A ideia da secretaria é que, até o final de 2014, o sistema esteja funcionando nas 57 unidades de administração direta (incluindo hospitais, ambulatórios, laboratórios e farmácias) e nas 37 unidades gerenciadas por organizações sociais (OS).

Top