Soja e uva previnem pressão alta

Estudos realizados pela Universidade de Columbia junto com o Centro de Pesquisa de Metabolismo e Aterosclerose de Louisville concluíram que a soja e a…

Por Isabella Moretti em 26/03/2012

Soja e uva são alimentos que ajudam no combate a hipertensão.

Estudos realizados pela Universidade de Columbia junto com o Centro de Pesquisa de Metabolismo e Aterosclerose de Louisville concluíram que a soja e a uva são grandes aliados para prevenir pressão alta. Os resultados da pesquisa foram apresentados ontem (25) na 61º Sessão Anual Científica da Agremiação Americana de Cardiologia que ocorrem em Chicago, EUA.

☰ CONTEÚDO

O poder das uvas

Para chegar à conclusão de que a uva traz benefícios para hipertensos, os pesquisadores acompanharam 46 homens e mulheres que apresentavam aumento na pressão sanguínea. Alguns dos indivíduos incluíram uvas passas na dieta alimentar e isso resultou na queda da pressão dentro do período de 12 meses.

As pesquisas com relação ao efeito das uvas nas pessoas com pressão alta ainda continuam, mas acredita-se que os bons resultados decorrem da alta concentração de potássio, nutriente responsável por diminuir a pressão sanguínea. As passas também são ricas em antioxidantes e fibra dietética, sendo assim capaz de diminuir as chances de um indivíduo se tornar hipertenso.

A grande quantidade de potássio ajuda a prevenir hipertensão.

O poder da soja

No caso da soja, as pesquisas começaram a ser desenvolvidas em 1985, acompanhando hipertensos que consumiam uma quantidade saudável do grão por dia. Constatou-se então que só um copo de leite de soja por dia já seria suficiente para reduzir a pressão arterial devido aos compostos chamados de isoflavonas. Ao adotar o hábito de consumir produtos de soja, os hipertensos passam a ter um controle melhor sobre o organismo.

Quando se afirma que a soja é rica em isoflavonas, as pesquisas se referem a um tipo de hormônio semelhante ao estrogênio, que eleva a produção de ácido nítrico e dilata os vasos sanguíneos, reduzindo a pressão arterial.

Os estudos ainda apontam que, o grupo de afro-americanos, que possui mais tendência a desenvolver hipertensão, é o maior beneficiado com o consumo de soja, portanto, com a ingestão de isoflavonas.

Rica em isoflavonas, a soja combate a pressão alta.

Sobre a hipertensão

A hipertensão consiste na pressão arterial elevada, sendo capaz de colocar em risco a vida do indivíduo. Crianças, jovens e adultos podem se tornar hipertensos quando não possuem uma dieta alimentar balanceada e nem praticam exercícios físicos. O consumo exagerado de sal e uma vida acometida pelo sedentarismo também resultam em hipertensão.

Alguns sintomas são capazes de indicar um quadro de hipertensão, como as dores de cabeça na região da nuca e mal-estar. Quando o tratamento adequado não acontece, o indivíduo que sofre com pressão alta tem maiores chances de desenvolver complicações cardíacas. Por isso é recomendado adotar hábitos de vida mais saudáveis e contar com acompanhamento médico.

Estima-se que, no Brasil, mais de 21% da população com idade acima de 18 anos sofre com os males da hipertensão.

Top