Samsung pode Desenvolver outra Alternativa ao Android

Numa declaração divulgada pela agência de notícias coreana Yonhap, o ministro de inteligência econômica da Coréia do Sul, Jae-Hong, relata que a Sansung está…

Numa declaração divulgada pela agência de notícias coreana Yonhap, o ministro de inteligência econômica da Coréia do Sul, Jae-Hong, relata que a Sansung está procurando desenvolver um sistema operacional para smartphones alternativo ao Android. Segundo o ministro, a Sansung, não se interessou inicialmente pela proposta, porém, mudou de idéia, após o Google divulgar que está comprando a Motorola.

Líder da iniciativa, o governo coreano, pretende lançar o projeto do novo sistema operacional até o final do ano. Segundo Jae-Hong, a LG também poderá fazer parte do negócio. Com 16% de participação no mercado, a Sansung é a segunda maior fabricante de celulares do mundo. Com 6%, a LG é a terceira, segundo Gartner Group. Se conseguirem administrar a antiga rivalidade, juntas, as duas empresas teriam porte suficiente para popularizar o novo sistema.

Por enqunto, não houve nenhum comunicado oficial dessas empresas sobre o fato. E, como mostra a história de fabricação do iPad no Brasil, declarações de políticos nem sempre se realizam. No entanto, é importante observar que a Samsung, um dos principais fabricantes de aparelhos com o sistema Android, encara uma intensa briga com a Apple.

A Apple acusa a empresa coreana de plagiar o iPhone e o iPad. O Google, até agora, parece ter se mantido quieto, sem oferecer apoio expressivo a sua parceria. Devido a isso, aparece o temor de que o verdadeiro plano do Google com a Motorola, seja tornar-se uma nova Apple, assumindo posição de destaque como fornecedor de tablets e smartphones.

A Sansung, nesse cenário, possui razões de sobra para evitar depositar todas suas expectativas no sistema operacional Android, porém a empresa já possui outras alternativas. A empresa coreana fabrica smartphones de baixo custo com seu próprio sistema Bada, além de possuir modelos com Windows Phone da Microsoft. No passado ela já certificou o LiMO, variante do sistema Linux para dispositivos moveis e o Sybian, da Nokia.

Leia Também:  Estabilizadores de Energia Onde Comprar

Até então, nenhum fabricante importante revelou pretender reduzir seus investimentos no Android. Contudo, a Inq empresa britânica de menor porte, já declarou que pode abandonar o sistema do Google. Frank Meehan presidente da Inq, numa entrevista relatou que o custo do Android cresce a medida que empresas detentoras de patentes passam a cobrar royalties pelas tecnologias existentes nele.

O Android por ser sistema operacional mais usado em smartphones, é alvo numero um dos processos por violação de propriedade intelectual. A Inq, hoje em dia, vende apenas smatphones com Android. Entretanto, seu próximo modelo poderá usar o Windows Phone, já que os custos dele aparenta ser bem menores.

O que nos resta nesse momento é esperar, e ver quais serão os resultados dessa intensa luta da Sansung contra as demais empresas, as quais também utilizam do mesmo sistema operacional.

Fonte
http://exame.abril.com.br/tecnologia/android/noticias/samsung-busca-alternativa-ao-sistema-android

Top