Salario bruto: como funciona?

PUBLICIDADE

Você sabe o que é e como funciona o salário bruto? No mercado brasileiro ele é muito falado, porém muitos ainda não sabem o que é e como funciona.

Os salários são divididos entre o salário bruto e o salário líquido. O salário líquido é basicamente o valor real que o empregado vai receber no dia do pagamento. Já o salário bruto é o valor que consta na carteira de trabalho do empregado.

É fundamental ter conhecimento sobre o salário líquido e o salário bruto. Isso não é crucial apenas para a empresa ter uma ideia de como fechar a folha de pagamento, mas também para o trabalhador, que poderá entender com certeza o valor que irá receber.

PUBLICIDADE

O salário bruto é fundamental para que as empresas saibam como fazer os descontos opcionais e também os obrigatórios. Além disso, dessa maneira será possível saber como fazer os acréscimos dos adicionais e as horas extras feitas pelo colaborador.

Neste conteúdo você vai ver como funciona o salário bruto, o que é, quais impostos são descontados, como é calculado, quais benefícios são incluídos e muito mais, confira.

O que é salário bruto?

O salário bruto é o valor registrado na carteira de trabalho do empregado. Esse valor também é conhecido como salário nominal ou salário base. Esse dinheiro vai servir como principal referência para que os descontos opcionais e obrigatórios sejam feitos mensalmente.

O valor também serve como base para adicionar as horas extras feitas pelo empregado, além dos adicionais por insalubridade e periculosidade. Lembrando que os principais descontos são o IRRF e o INSS.

PUBLICIDADE
O que é salário bruto?
Fonte/Reprodução: original.

Isso significa que o salário bruto é o dinheiro total acordado pela empresa e trabalhador no momento da admissão sem contar com os acréscimos e descontos.

O salário bruto ainda é previsto por lei de acordo com o artigo 29 da Carteira de Trabalho. Essa lei, é responsável por prever a obrigatoriedade da empresa em informar o salário base na carteira.

Quais os impostos que são descontados do salário bruto?

Os impostos obrigatórios que são descontados no salário bruto ao todo são dois. Eles são o Imposto de Renda (IRRF), que varia entre a alíquota de 7,5% até 27,5% ou não haver nenhuma em caso do valor total do salário base ou salário bruto for inferior ao valor de R$ 1.903,98. 

O outro é o INSS, que também é retido direto da fonte. O valor descontado pode variar indo de acordo com a tabela progressiva. Isso significa que quanto maior o salário bruto, mais alto é o desconto do INSS e Imposto de Renda.

Todo trabalhador que tem registro em carteira assinada são obrigados a contribuir tanto para o INSS quanto para o Imposto de Renda.

PUBLICIDADE

Além dos descontos já citados, outros também podem ser considerados. Esses não são obrigatórios e podem ser os auxílios que a empresa oferece aos empregados como vale transporte, vale alimentação, plano de saúde e outros.

Quais os impostos que são descontados do salário bruto?
Fonte/Reprodução: original.

A lei que visa esses descontos é a 7.418/85 prevista na CLT. Essa lei é responsável por garantir que a empresa divida todos os custos por funcionário com vale transporte. A porcentagem permitida para desconto é 6% em vista do salário bruto.

Caso o valor gasto para que o empregado se locomova até a empresa seja maior, a empresa é obrigada a pagar o restante.

Em relação ao vale alimentação, o valor permitido é equivalente a 20% do salário bruto, porém, isso não inclui as empresas que participam do PAT (Programa de Alimentação do Trabalhador).

No caso dos empréstimos consignados e pensão alimentícia também são descontos que podem ser feitos no salário bruto. Planos médicos e odontológicos podem ser descontados ou totalmente pagos pela empresa, ou podem ser divididos.

Como é calculado o salário bruto?

Trabalhadores que recebem por hora e autônomos costumam ser trabalhadores informais, ou seja, não têm registro em carteira. Dessa maneira podem surgir algumas dúvidas em relação a isso.

Quem recebe por hora deve calcular o valor da hora trabalhada com a quantia diária e os dias trabalhados para assim descobrir o salário bruto. Mas para quem trabalha de carteira assinada, normalmente, esse valor aparece no contra-cheque, o qual também mostra o que foi descontado.

Quais os benefícios que podem ser incluídos no cálculo do salário bruto?

Alguns benefícios oferecidos pela empresa são incluídos no cálculo do salário bruto. Confira abaixo quais são:

  • Planos médicos;
  • Planos odontológicos;
  • Auxílio transporte;
  • Auxílio alimentação;
  • Outros benefícios.

Pensão e empréstimos consignados também podem ser descontados no salário bruto direto da folha de pagamento.

Com isso, você entendeu mais sobre o salário bruto, como funciona, quais os descontos e muito mais, por isso, sempre fique atento ao seu contra-cheque para ver o que foi descontado, qual o seu salário bruto e qual o líquido, para ter um melhor controle da sua vida financeira.

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.