Saiba o que fazer em casos de fraturas nos ossos

A fratura é a quebra de um osso do nosso corpo, pode ser total ou parcial. Normalmente causadas por uma pancada muito forte ou…

A fratura é a quebra de um osso do nosso corpo, pode ser total ou parcial. Normalmente causadas por uma pancada muito forte ou uma queda. Quando há rompimento da pele chamamos de fratura exposta, e nesses casos existe a possibilidade de infectar o local, já que o machucado é uma porta de entrada para microrganismo. Quando não há lesão da pele, é chamada fratura fechada e não há risco de infecção. Outro problema com a quebradura de ossos é a hemorragia, ou seja, quando sangramos demais pelo osso quebrado. Por isso alguns cuidados são importantes para diminuir os problemas que podem ocorrer.

Quem nunca quebrou um osso do corpo? Principalmente crianças que pulam de um lado para o outro e correm o risco diariamente de quebrar um braço ou uma perna. O que fazer quando isso acontece? Aqui daremos algumas dicas de como proceder nessas situações.

1) Primeiro, tente não movimentar o membro fraturado.

2) Se o local quebrado for mão, braço, perna, extremidades, retire todos os objetos que podem diminuir a circulação como anéis, relógios, calçados, luvas. Normalmente após o trauma pode ocorrer inchaço do membro e esses objetos dificultam a circulação provocando risco de perda do membro por garroteamento.

3) Se houver sangramento, procure um pano limpo e proteja o local enrolando-o levemente sobre o machucado. Assim você diminuirá o risco de contato da lesão com microrganismos do ambiente.

4) Não aperte o osso, tente imobilizá-lo de maneira confortável para a vítima, normalmente na posição que estiver. Apenas proteja para que não haja muitos movimentos com o osso quebrado, assim você impede que o machucado se torne maior e ocorra mais dor.

5) Se possível faça uma tipoia quando a fratura for em membros superiores.

6) Nunca tente colocar o osso no lugar! Esse procedimento requer técnicas que apenas os especialistas possuem. Se você tentar fazer isso pode piorar a fratura. O objetivo é diminuir os problemas até que a vítima chegue a um hospital e seja cuidada pelo médico.

7) Caso a fratura seja na cabeça ou na coluna, é muito importante que não se movimente o paciente. Tente manter o pescoço imóvel, para que não faça movimentos bruscos. Não levante nem coloque de lado a cabeça da vítima. Lesões nesses locais são muito graves e se movimentadas podem causar paralisia.

8) Se existir possibilidade de fratura na bacia, pode ocorrer hemorragia interna (sangramento dentro do organismo) devido a rompimento de veias ou artérias. Fique atento a sinais como palidez, perda da consciência, pulso fraco, pele fria, que são indicativos de Choque hipovolêmico, uma condição que requer tratamento imediato pois pode levar a morte.

9) É muito importante que não transporte a vítima, pois isso deve ser feito com cuidado por pessoas especializadas e com uma ambulância. Porém, se tiver que transportar a vítima, tente colocá-la em um local fixo, como uma maca (prancha de madeira), e amarre a pessoa com tiras de pano para que ela não se movimente, principalmente imobilizando a cabeça.

10) Sempre que possível chame o socorro médico. Se enviarem uma ambulância, não realize o atendimento, deixe que as pessoas treinadas para isso o façam. Pois assim você impede que o estado da pessoa piore. Muitas vezes tentando ajudar a gente acaba piorando o estado da vítima. Só tome medidas quando realmente for necessário, não havendo ambulância ou pessoal especializado.





Este artigo possui 1 comentário

  1. Gabriel Sousa Camati
    Publicado em 12/02/2013 às 4:42 PM [+]

    Agradeço pela informação que me foi dada, fiquei a saber mais uma vez em como se proceder quando alguém tenha esse problema. Não só porque faço parte dessa área.


Top