Saiba como não sofrer com amor platônico

Os amores platônicos são muito comuns na adolescência e participam do processo de formação do indivíduo para a fase adulta. Porém, é preciso ficar…

Os amores platônicos são muito comuns na adolescência e participam do processo de formação do indivíduo para a fase adulta. Porém, é preciso ficar atento, pois isso pode ser prejudicial e trazer sofrimento para a pessoa na fase adulta. Pensando nisso, selecionamos dicas de como não sofre com o amor platônico.

É preciso saber lidar com o amor platônico. (Foto: divulgação)

Origem da expressão amor platônico

Do ponto de vista da filosofia, o amor platônico não significa sofrimento e resignação. O termo “platônico” vem da obra “O Banquete”, que foi escrita pelo filósofo Platão (no século IV a.C.). Em sua obra o autor fala sobre as diferentes formas de entender e praticar o amor.

Segundo o professor José Cavalcante de Souza (autor da tradução de “O Banquete”), o amor platônico é somente um amor intelectual e não está relacionado com um sentimento não correspondido.  Ele diz ainda, que houve falta de compreensão ao interpretar a obra filosófica e a ideia central foi distorcida. Para ele, o amor platônico é aquele que quase todas as pessoas sentem algumas vez na vida.

Veja também como esquecer um amor não correspondido 

Como se livrar de um amor platônico

Segundo a psicóloga Denise Gimenez, não vale a pena perder tempo com uma pessoa sem ter um relacionamento certo com alguém. Viver um amor platônico é estar em um mundo de fantasias. A pessoa cria o que deseja.  Nesse universo de faz de conta, a pessoa não sofre, mas também não vive.  Sendo assim, não se aproveita a relação a dois.

A psicóloga afirma que a psicoterapia é a melhor forma para se livrar do problema, independente de sua origem. Ela afirma que sempre é possível uma transformação. O que não pode acontecer é uma paixão fora da realidade.

O amor platônico causa muito sofrimento. (Foto: divulgação)

Dicas de como não sofrer um amor platônico

1. Seja realista: não viva uma relação baseada em ilusões e pensamentos que só você cria. Seja realista e procure ver as coisas como elas realmente são.

Leia Também:  Decoração de sala de família: ideias

2. Aposte em novos relacionamentos: se uma relação não está indo muito bem e você vê que não adianta insistir, procure esquecer com novos relacionamentos. Não fique presa em algo que não tem futuro.

3. Seja independente: não fique esperando algo de alguém que não corresponde seus sentimentos. Seja mais independente e procure controlar seus sentimentos.

4. Conheça a pessoa antes de se relacionar: antes de se envolver com alguém é preciso conhecê-la melhor e saber quais são suas reais intenções. Não entregue seu coração a primeira pessoa que aparecer, pois isso pode decepcioná-la ainda mais.

5. Procure ajuda: caso você não consiga se livrar sozinho desse amor platônico, procure ajuda de um psicólogo. As terapias podem ajudá-la a lidar melhor com essa situação.

O amor platônico é muito comum na adolescência. (Foto: divulgação)

Veja também ele não te quer, como se comportar diante de uma rejeição

O amor platônico pode causar muito sofrimento para uma pessoa, principalmente quando ela não consegue lidar com a situação sozinha. Para não sofrer com esse amor é preciso ser mais realista, independente e buscar novas oportunidades amorosas. Em alguns casos, uma boa opção é procurar ajuda de um psicólogo.

Top