Reebok pagará multa por veicular propaganda enganosa

A Reebok foi condenada a pagar uma multa de US$ 25 milhões por propaganda enganosa.  A multinacional famosa por seus artigos esportivos é acusada…

A Reebok foi condenada a pagar uma multa de US$ 25 milhões por propaganda enganosa.  A multinacional famosa por seus artigos esportivos é acusada de apresentar informações que não correspondem com a realidade em uma de suas campanhas.

A Comissão Federal do Comércio (FTC) dos Estados Unidos foi o órgão responsável por impor a penalidade. Tal ocorrência vem da última propaganda lançada no país que apresenta os tênis EasyTone e Runtone. No filme a marca afirmava que o uso desses modelos, somente ao caminhar, garantia uma tonificação de músculos e glúteos até 28% maior que as outras marcas.

A FTC afirmou que a empresa deve tomar mais cuidado nas informações divulgadas ao público, ordenando que a mesma adquira mais responsabilidade e integridade dos fatos, usando de dados científicos reais.

Os US$ 25 milhões exigidos como multa devem ser divididos entre os consumidores que adquiriram os modelos, como forma de reembolsá-los.

“Para evitar uma prolongada batalha legal, a Reebok preferiu chegar a um acordo. A solução, no entanto, não quer dizer que estamos de acordo com as alegações da FTC”, disse um representante da empresa nesta quarta-feira (28). Tal comentário mostra que Reebok assume o seu erro e está disposta a chegar a um acordo, mas não significa que aceitará de imediato pagar a multa.

A Reebok acrescentou ainda que a tonificação muscular realmente acontece com o uso dos dois tênis e que receberam comentários entusiasmados de consumidores que comprovaram a tecnologia, concluindo que o produção desses modelos não será suspensa.

Top