Redutores naturais de apetite

Atualmente, a obesidade é um dos principais problemas de saúde da população. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), estima-se que cerca de…

Atualmente, a obesidade é um dos principais problemas de saúde da população. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), estima-se que cerca de 25 % da população mundial é obesa. No Brasil, a situação não é diferente. Por aqui, em torno de 40 % da população está acima do peso e 10 % é considerada obesa.

Tendo isso em vista, apresentaremos os principais alimentos naturais que podem colaborar na diminuição do apetite, além de contribuir para uma vida saudável e livre da obesidade.

A obesidade está cada vez mais frequente entre a população mundial.

Alimentos naturais que reduzem o apetite

Clorella

A Clorella contém o triptofano, uma aminoácido responsável pela sensação de saciedade. Esta alga ajuda a reduzir o apetite porque, ao entrar em contato com o suco gástrico, se expande como uma esponja. Com isso, libera o triptofano, fazendo a pessoa sentir-se satisfeita bem antes de encher totalmente o estômago.

Colágeno

O colágeno hidrolisado tem cerca de 20 aminoácidos. Por isso, ao chegar no estômago, se transforma em um gel que se expande e ocupa espaço, resultando na diminuição do apetite.

Ecalyculata vell – Pholiamagra

Após estudos foi comprovado que o efeito emagrecedor dessa planta se deve a uma atividade supressora do apetite. Assim, contribui com uma maior queima de gorduras localizadas principalmente do abdômen, além de atuar também como estimulante do sistema imunológico.

Ecalyculata vell promove redução da gordura localizada

Glucomanann

Para quem desconhece, esta é uma fibra vegetal. Ao entrar em contato com água, ganha a consistência de gelatina e aumenta de oito a doze vezes o volume, ocupando boa parte do estômago, contribuindo, dessa forma, com a diminuição do apetite.

Leia Também:  Emprego formal cresce em todos os setores, diz Caged

Caseolamina

É uma substância extraída de um fruto, o Cassia nomame. Seu efeito ocorre na inibição de uma enzima responsável pela quebra das moléculas de gordura, a lípase. Sem essa enzima, a gordura não é digerida e deixa de ser absorvida.

Coleus foskolli

Por acelerar o metabolismo, colabora na queima de gorduras, além de melhorar a absorção dos nutrientes no intestino.

Uma alimentação balanceada ajuda se livrar do aumento de peso.

A obesidade está cada vez mais presente em nossa população. Isto se deve, principalmente aos hábitos alimentares e ao caos social. Porém é importante ressaltar que não existe uma fórmula mágica, milagrosa ou única, para o tratamento da obesidade.

Na maioria dos casos só consegue um bom resultado na perda de peso, quem aprende a controlar bem seus hábitos alimentares e incorpora mudanças na sua rotina de vida, o que realmente pode ser obtido de uma maneira natural, além de seguir fielmente as orientações dos especialistas.

Top