Recadastramento INSS para aposentados 2017

O recadastramento INSS para aposentados 2017 ainda não tem data para acontecer, mas ainda está em tempo de fazer o recadastramento de 2016, que está em vigor até o dia 31 de dezembro.

Recadastramento INSS para aposentados 2017 (Foto: Divulgação)

Entenda a importância do recadastramento da senha

Iniciado em 2012, o recadastramento INSS é obrigatório para os beneficiários que recebem por meio de conta corrente, poupança ou cartão magnético, servindo também como uma forma de atualizar os dados dos segurados. Através do procedimento, o beneficiário “prova” que está vivo.

Segundo o Instituto Nacional do Seguro Social, cerca de dois milhões de aposentados e pensionistas ainda não se recadastraram (outros 30 milhões já realizaram o procedimento). Para esses, vale lembrar que o prazo para se recadastrar no INSS termina no dia 31 de dezembro de 2016.

 

Recadastramento INSS para aposentados 2017

Os aposentados têm até o dia 31 de dezembro para se recadastrarem junto ao INSS (Foto: Divulgação)

Se você está entre os aposentados que ainda não se recadastraram no INSS, é importante ressaltar que quem perder o prazo corre o risco de ficar sem receber o dinheiro da aposentadoria.

Para quem está nessa situação, vale acompanhar as informações que vamos passar a seguir.

 Local para renovação de senha/fé de vida

Para “provar que está vivo”, o aposentado/pensionista deve comparecer à agência bancária onde recebe o seu pagamento, até o dia 31 de dezembro de 2016.

Documentos são necessários para renovação de senha/fé de vida

É necessário apresentar documento de identificação com foto e de fé pública (Carteira de Identidade, CNH, Carteira de Trabalho, etc).

O aposentado não pode ir à agência

O aposentado que não puder comparecer à agência deve se recadastrar por procuração (Foto: Divulgação)

Renovação de senha/fé de vida pode ser feita com procuração?

Sim, mas o Procurador precisa estar previamente cadastrado pelo INSS.

Se o aposentado não puder ir até a agência por motivo de doença ou por problemas de locomoção, como a renovação de senha/fé de vida pode ser feita?

Nessas situações, o procedimento de recadastramento no INSS pode ser realizado pelo Procurador devidamente cadastrado junto ao órgão ou representante legal.

A renovação por procuração

Formulário de procuração disponível no site da Previdência Social (Foto: Divulgação)

O que fazer para se cadastrar como Procurador no INSS

O Procurador deve comparecer à Agência da Previdência Social (APS) mais próxima, acompanhado do beneficiário que passará a representar. Caso o segurado não possa acompanhá-lo, o Procurador precisa apresentar uma procuração devidamente assinada por ele, conforme modelo disponível (www.previdencia.gov.br/forms/formularios/form011.html) no site da Previdência Social (www.previdencia.gov.br), ou registrada em Cartório (em caso de beneficiário não alfabetizado) e o atestado médico (emitido nos últimos 30 dias) que comprove a impossibilidade de locomoção do segurado, além da documentação do beneficiário e do Procurador.

– Esse procedimento pode ser feito por biometria?

O uso dessa tecnologia é facultativo. Os bancos que já possuem o recurso podem utilizá-lo.

No exterior

– O que devem fazer os segurados que estão no exterior?

Devem se recadastrar por meio de um Procurador. Geralmente, esses segurados já têm um Procurador que recebe o benefício para eles no Brasil.

– Isto vale para os países em que há acordo previdenciário internacional?

Não. Nesses casos, os segurados são convocados para preencher um formulário na embaixada ou consulado, enviam o documento por meio do banco em que recebem ou diretamente para o INSS, que comprova a sua condição de vida. São pagos 14.000 benefícios em Portugal, Espanha, Alemanha, Grécia, Japão, Itália e Chile.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Previdência Social, pelo site www.previdencia.gov.br ou pelo telefone 135 (ligação gratuita).

11 Comments - Add Comment

Reply