Como Regularizar uma Pequena Empresa

Hoje, ser empresário e dono de seu próprio negócio, é o sonho de milhares de brasileiros. Não é algo impossível e que na verdade…

Por Editorial MDT em 26/04/2011

Hoje, ser empresário e dono de seu próprio negócio, é o sonho de milhares de brasileiros. Não é algo impossível e que na verdade está cada vez mais acessível. Existem alguns detalhes que precisam ser acertados para abrir e regularizar uma empresa. São esses detalhes que muitas vezes passam despercebidos ou mesmo são desconhecidos pelos trabalhadores. O primeiro item é o capital. Para começar qualquer negócio você precisa de um investimento, seja para comprar a matéria-prima, pagar a mão-de-obra ou mesmo para a papelada e documentação. É necessário toda uma documentação para começar um negócio próprio e normalmente você precisa recolher taxas e impostos.

Se estiver tudo certo com o capital, o segundo passo é tirar um CNPJ da empresa. Pessoas físicas têm um CPF, mas uma empresa precisa também ser registrada na Receita Federal. Esse registro é o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica). Informações de como tirar um CNPJ você encontra em um despachante qualquer. Eles são os mais indicados para te ajudar nessa questão. Em alguns casos, a empresa funciona apenas com uma única pessoa, no caso o dono da mesma, mas se houver funcionários, você precisa reconhecer firma em cartório para poder pagar salários à esses funcionários. Esse procedimento precisa ser feito independente da quantidade de funcionários.

Hoje, o governo oferece vários projetos para ajudar o trabalhador à abrir micro empresa no Brasil. São programas que aceleram todos esses procedimentos, como papelada, burocracia, documentação, recolhimento de taxas e assim por diante. Além disso, as empresas financeiras, em conjunto com o governo federal, oferecem crédito para o micro-empreendedor começar o negócio. Com esse crédito você pode investir e depois pagar com o rendimento de sua empresa. Esse é o básico de uma micro empresa. Você não pode empregar funcionários sem carteira assinada. Na verdade até pode, mas alguns documentos devem então ser excluídos da lista, pois se você tiver firma reconhecida e CNPJ, é preciso empregar com carteira assinada. Se por algum motivo o funcionário te denunciar, ou qualquer outra pessoa, você pode pagar multas.

Muitas pessoas pesquisam sobre como regularizar uma pequena empresa, mas na verdade não é algo tão complicado assim. O que pode ser chato é a burocracia, ou seja, toda a papelada que você precisa levantar e o tempo que demora para tudo ficar pronto. você precisa ter em mãos os seguintes documentos para começar com o processo: Cópia autenticada do RG e CPF do titular, no caso de Empresário Individual, ou do(s) sócio(s) administrador(es), em caso de Sociedade. Também serão aceitas cópias de documentos de conselhos profissionais e carteiras de habilitação. Autenticação significa que a cópia de tal documento deve ter o reconhecimento de algum cartório ou tabelionato em sua cidade. Cópia do comprovante de endereço da empresa. Essas foram algumas informações de como regularizar empresa de pequeno porte. Em cartórios e despachantes você encontra todas as informações e detalhes sobre o assunto.

 

Top