Radar: placa de alerta não é mais obrigatória

Na última quinta-feira (22) o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) divulgou uma nova decisão que revogou a exigência da instalação de placas de informação…

Por Editorial MDT em 26/12/2011

Imagem: (Foto Divulgação)

Na última quinta-feira (22) o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) divulgou uma nova decisão que revogou a exigência da instalação de placas de informação antes dos radares móveis e fixos. Todavia, os equipamentos precisarão estar a vista dos motoristas, não podendo ficar escondidos.

O Contran ainda modificou a exigência do estudo prévio para instalação de radares móveis nas estradas. Agora, qualquer parte da via pode ser fiscalizada. Além disso os equipamentos podem ser montados mesmo em segmentos de rodovias sem sinalização da velocidade máxima admitida.

O contexto da alteração é a de redução do número de acidentes, pois, muitos motoristas aproveitam o aviso de radares para ultrapassar a velocidade máxima em partes não cobertas pelo aparelho.

A presença das placas de aviso de radares nas vias era imprescindível até 2003, quando uma decisão interrompeu a norma, que só passou a valer outra vez em 2006.

Top