Programa Residência Educacional SP

O programa Residência Educacional do governo do Estado de São Paulo irá oferecer vagas de estágio para cerca de 15 mil universitários a partir…

O programa Residência Educacional do governo do Estado de São Paulo irá oferecer vagas de estágio para cerca de 15 mil universitários a partir do segundo semestre de 2012. O objetivo da ação é fortalecer, através de um novo modelo de estágio obrigatório, a formação de professores pelas instituições de ensino superior. O programa irá oferecer bolsas de R$ 425 e auxílio-transporte de R$ 180 para os estudantes. O investimento inicial previsto para o projeto é de R$ 73,1 milhões.

Os estudantes receberão pagamento mensal e auxílio transporte (Foto: divulgação)

Inicialmente serão 483 escolas estaduais contempladas no projeto. Os bolsistas irão atuar em escolas consideradas de maior vulnerabilidade nas áreas socioeconômica, de infraestrutura e de aprendizagem.

No ano que vem, o governo irá adicionar R$ 56,6 milhões ao projeto e mais 11.480 universitários serão selecionados para estagiar em 361 escolas. Em 2014, com mais R$ 54,3 milhões serão adicionados 11.417 bolsistas, que irão atuar em 359 unidades de ensino.

Os estagiários irão desenvolver um projeto de apoio pedagógico (Foto: divulgação)

A Secretaria da Educação irá fazer o chamamento público para as instituições de ensino superior que queiram participar do programa, em breve. As próprias universidades e faculdades farão o processo seletivo. São requisitos para a seleção: estar matriculado a partir do 3º semestre em curso de licenciatura, que contemple as disciplinas da matriz curricular do ensino fundamental e ensino médio das escolas públicas estaduais; assiduidade e rendimento escolar satisfatório, comprovada pelo responsável na instituição; não receber outro tipo de bolsa concedida pelo governo estadual; ser selecionado pela instituição de ensino para atuação no programa e ter disponibilidade para cumprir a jornada estabelecida no plano de atividades do estágio.

As universidades e faculdades é que farão a seleção (Foto: divulgação)

Os estudantes irão desenvolver um projeto de apoio pedagógico em parceria com o responsável pelo estágio na escola e de acordo com o supervisor da instituição de ensino superior. O estágio terá duração de 400 horas e não poderá exceder sete meses.

Top