Primeiro casamento coletivo LGBT 2016 em Salvador

O primeiro casamento coletivo LGBT 2016 em Salvador já tem data marcada. O evento reunirá casais homoafetivos para oficializar a união perante a lei.…

O primeiro casamento coletivo LGBT 2016 em Salvador já tem data marcada. O evento reunirá casais homoafetivos para oficializar a união perante a lei. Leia a matéria para conhecer mais detalhes a respeito desse acontecimento.

Salvador terá o seu primeiro casamento coletivo LGBT. (Foto Ilustrativa)

Salvador terá o seu primeiro casamento coletivo LGBT. (Foto Ilustrativa)

O amor entre duas pessoas do mesmo sexo sempre foi tabu para a sociedade. No entanto, aos poucos a população LGBT tem conquistado respeito e acesso aos mesmos direitos assegurados aos casais heterossexuais. Prova disso é o fato de que a capital baiana terá o primeiro casamento coletivo voltado para lésbicas, gays, bissexuais e travestis.

O casamento LGBT no Brasil foi aprovado em 2013, pelo Conselho Nacional de Justiça. A resolução, que foi apresentada pelo deputado Jean Wyllys (PSOL), obriga cartórios de todo o país a celebrar casamento civil de homossexuais.

Com essa lei, o Brasil se tornou o 15º país no mundo a reconhecer os direitos civis dos casais homoafetivos.

Primeiro casamento coletivo LGBT 2016 em Salvador

Muitos casais LGBT já transformaram a união estável em casamento civil. No entanto, nem todos possuem informações necessárias para essa realização. Pensando nisso, o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) resolveu criar o projeto “Sim ao Amor”.

O casamento coletivo acontecerá no dia 10 de junho. (Foto Ilustrativa)

O casamento coletivo acontecerá no dia 10 de junho. (Foto Ilustrativa)

O projeto “Sim ao Amor” nada mais é do primeiro casamento coletivo LGBT 2016 em Salvador. A celebração acontecerá no dia 10 de junho de 2016, no auditório do MP-BA, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). O objetivo é oficializar judicialmente as uniões afetivas dos casais que vivem na Bahia.

Inscrições para casamento coletivo LGBT

Os casais interessados no casamento coletivo devem procurar, pessoalmente, o Gedem (Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher e da População LGBT). O endereço é Jardim Baiano, no bairro de Nazaré.

No Gedem, os casais receberão orientações e informações sobre o projeto ‘Sim ao Amor – Casamento Coletivo LGBT’. Eles serão, ainda, encaminhados para os cartórios de registro civil dos subdistritos de Vitória e Brotas.

O casamento coletivo é uma iniciativa do Ministério Público da Bahia. (Foto Ilustrativa)

O casamento coletivo é uma iniciativa do Ministério Público da Bahia. (Foto Ilustrativa)

Com esse projeto a favor do casamento LGBT, o Ministério Público da Bahia espera combater a intolerância e o preconceito, além de promover o amor e contribuir com a felicidade dos casais de lésbicas, gays e trans.

O “Sim ao Amor” também conta com o apoio de movimentos sociais, do Grupo de Atuação Especial de Proteção dos Direitos Humanos e Combate à Discriminação (Gedhi) e do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça Cíveis, Fundações e Eleitorais (Caocife).

Se você tem uma relação homoafetiva e deseja oficializá-la, então participe do primeiro casamento coletivo LGBT 2016 em Salvador. A Bahia ficará mais colorida, em pleno mês em que se comemora o Orgulho LGBT.

 


Top