Por que os cães têm medo de fogos de artifício?

O cãozinho fica desesperado quando estouram fogos de artifício em dias de festas? Isso ocorre, já que os animais possuem capacidade auditiva em torno de quatro…

O cãozinho fica desesperado quando estouram fogos de artifício em dias de festas? Isso ocorre, já que os animais possuem capacidade auditiva em torno de quatro vezes maior do que os humanos, fazendo com que qualquer barulhinho se torne um ruído forte e ensurdecedor. Além disso, eles conseguem ouvir sons que são inaudíveis para nós. Saiba mais por que os cães tem medo de
fogos de artifício.

A audição dos cães é mais aguçada que a dos seres humanos. (Foto: divulgação)

Audição dos cães

A maior parte dos animais fica assustada quando ouve um barulho de queima de fogos. O rabinho entre as pernas e o coração acelerado faz parte dos cães nesse período. A preocupação dos donos é tanta que a primeira reação é pegar o animal no colo para fazer carinho. Alguns cães medrosos demais acabam deixando o dono ainda mais desesperado.

Porém, atitudes como essas só pioram a situação. Segundo especialistas, tentar proteger o animal só mostra a ele que realmente deve ter medo. Além do estresse que enfrentam, os cães correm o risco de se machucarem, já que no desespero pulam e esbarram nas coisas. Essa sensação de desespero faz o bicho perder a noção, já que ficam apavorados. O ideal é treinar o mesmo para se acostumar com os barulhos mais altos.

Consulte o veterinário para saber mais sobre o assunto. (Foto: divulgação)

O que fazer quando o cão tem medo de fogos de artifício

1. Treine o cão: para acabar com esse medo do cãozinho, o ideal é treina-lo para enfrentar os fogos. Você pode comprar um CD especial com barulhos de estouro de fogos para treinar o cão.

2. Algodão no ouvido: uma boa dica é colocar nos ouvidos do cão um pedaço de algodão para evitar que o som estridente seja perturbador para o cão. Porém, é essencial ter cuidados ao colocar o algodão no ouvido do bichinho, já que é muito sensível.

3. Isolamento: procure encontrar um lugar na casa mais amplo onde o cão possa se esconder. Deixe o rádio ligado em volume baixo, como comida ossos e outros objetos para roer no momento de ansiedade.

4. Medicamentos: se o seu cão já tenha mostrado um medo anormal dos fogos, você deverá falar com o veterinário sobre o assunto. Alguns animais sofrem de ataques de ansiedade e o medo pode levá-lo a problemas mais graves, como infarto.

5. Fique com ele: se nenhuma das alternativas anteriores lhe agrada, você pode optar por essa. No momento dos fogos, não saia de perto dele, isso fará com que ele se sinta mais seguro e fique menos apavorado.

Os cães com medo de fogos de artifício costumam se esconder. (Foto: divulgação)

A audição dos animais é mais sensível que a dos humanos, por isso exige cuidados especiais.  É necessário saber como lidar com o medo de trovões e rojões do seu cão para que ele não sofra nesse momento. O ideal é procurar um veterinário para orientar corretamente sobre as formas de lidar com esse problema.


Top