Polícia faz apreensão de alimentos estragados em hotéis de luxo de Copacabana

Uma operação da Policia Civil e da Delegacia do Consumidor apreenderam cerca de 200 quilos de alimentos estragados ou com prazo de validade vencido…

Foto: Agência O Globo

Uma operação da Policia Civil e da Delegacia do Consumidor apreenderam cerca de 200 quilos de alimentos estragados ou com prazo de validade vencido em quatro hotéis de luxo do Rio, principalmente carnes e massas. A operação “Turismo Legal” foi organizada após denúncias de hóspedes que se sentiram mal após consumir as refeições oferecidas nestes locais, e contou com a ajuda da Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Saúde Pública (DRCCSP) e da Delegacia Especial de Atendimento ao Turista (Deat).

Junto com a apreensão dos alimentos, as nutricionistas responsáveis pela cozinha dos hotéis Sofitel, Pestana, Othon e Marriott também foram presas, sob acusação de “crime contra as relações de consumo” segundo o Código de Defesa do Consumidor, com pena prevista de dois a cinco anos de prisão ou/e pagamento de multa.

De acordo com informações do portal UOL, os alimentos serão encaminhados para perícia da vigilância sanitária.

Top