Editorial MDT 02/10/2013 Notícias

Atualmente, é possível encontrar itens de maquiagem que resolvem todos os problemas. A variedade é grande, tanto em cores e efeitos, quanto em texturas. O clássico pó facial, que até há algum tempo não oferecia tanta variedade, hoje acaba por causar dúvidas, na hora da compra. É preciso saber quais as necessidades de cada pele, bem como a tonalidade adequada para ela, na hora da escolha. Saiba como escolher pó facial.


O uso do pincel evita o estímulo da oleosidade da pele (Foto: Divulgação)

Tipos de pó facial

O tipo mais comum de pó facial é o compacto. O produto é prensado e fica intocável na embalagem (exceto se for derrubado), oferecendo mais praticidade, ao ser carregado. Sua cobertura é mais intensa; por isso, é ótimo para quem deseja esconder imperfeições da pele. Entretanto, é preciso ter cautela, na hora de aplicá-lo, evitando excessos. Caso contrário, a pele poderá ficar craquelada ou com um ar muito artificial. O ideal é aplicá-lo depois de preparar a pele, com base e do corretivo, retirando o excesso, com um lenço de papel ou com o próprio pincel.

O pó facial solto é útil por prolongar o efeito da base e do corretivo, além de dar um aspecto mais natural à pele. Ele é mais leve e deve ser aplicado com um pincel.

Cada tipo de pó facial oferece texturas diferentes para a pele (Foto: Divulgação)

O pó facial translúcido é o mais natural. Ele ajuda a selar a base e o corretivo, mantendo sua tonalidade. Em geral, não cobre a pele, disfarçando imperfeições. Ele apenas retira o brilho e dá uma textura levemente aveludada ao rosto. Pode ser compacto ou solto.

Semelhante ao translúcido é o pó mineral, que também é bem leve e é formulado com substâncias naturais, sendo indicado para qualquer tipo de pele. Tem boa fixação e é encontrado nas versões compacta e em pó.

Para quem deseja iluminar a pele, o pó facial iluminador é ideal. Pode ser usado sobre a base e o corretivo. Basta aplicá-lo com pincel, nas áreas que se deseja destacar.

Finalmente, o pó bronzeador é útil para quem deseja dar um tom bronzeado à pele. Em geral, possui brilho e, por isso, deve ser usado com cautela.

Como escolher a cor do pó facial

Na hora de escolher a cor do pó facial, a dica é testá-lo no próprio rosto, depois de aplicar também uma base. Os dois produtos devem ter a mesma tonalidade. Há pessoas que testam maquiagem no braço, mas isso não é indicado, já que estas partes costumam ser mais escuras do que o rosto.

A tonalidade do pó deve ser semelhante à do pescoço e do colo (Foto: Divulgação)

Indica-se escolher uma cor que seja próxima à cor do pescoço e do colo. Isso evita que, ao final da maquiagem, o rosto fique diferente, destacando-se de forma artificial. Confira algumas cores de pó facial ideais para cada tipo de pele:

– peles claras: tons de porcelana, beges neutros e dourados claros;

– pele morena clara: tons de bege médio, bege médio rosado e bege dourado;

– pele amarelada clara: tons de bege amarelado;

– pele amarelada morena: tons de bege médio;

– pele amarelada dourada: tons dourados médios;

– pele mulata: tons de bege escuro, bege escuro rosado e bege escuro dourado;

– pele negra: tons de castanho, marrom médio e castanho dourado.

Outros artigos