Pneumonia: Sintomas e diagnóstico

A pneumonia é uma doença que pode ser curada, desde que seja tratada adequadamente, caso contrário ela pode ser fatal. No inverno é quando…

A pneumonia é uma doença que pode ser curada, desde que seja tratada adequadamente, caso contrário ela pode ser fatal. No inverno é quando a incidência das doenças respiratórias aumenta, pois o frio e as baixas temperaturas ocasionam resfriados que podem se agravar até o ponto de uma pneumonia. Por isso é importante tratar a gripe para que não se agrave.

Pneumonia deve ser tratada com antibiótico (Foto: Divulgação: MdeMulher)

Pneumonia deve ser tratada com antibiótico (Foto: Divulgação: MdeMulher)

Tosse prolongada

Com a chegado do inverno e a constante mudança de temperatura aparecem as tosses com expectoração. É necessário observar se a tosse é prolongada e procurar um médico, pois pode ser o início de uma pneumonia, visto que o muco acumulado desenvolve-se para a bronquite ou pneumonia e que deve ser imediatamente tratada.

O que é a Pneumonia?

A pneumonia é uma infecção do pulmão, na verdade é uma infecção dos tecidos pulmonares e seus alvéolos. Na pneumonia, o alvéolo que deveria ter apenas ar, fica cheio de secreções purulentas, impedindo o seu funcionamento. A pneumonia não é uma doença contagiosa, ela é causada por uma ordem decrescente de frequência, por: bactérias, vírus, fungos e parasitas.

O desenvolvimento dela depende da virulência do invasor, da quantidade de micróbios que conseguem chegar aos pulmões e das condições imunológicas do paciente. De modo geral ela se desenvolve quando há falhas no sistema de defesa do indivíduo.

Quando a tosse é persistente e não passa com xarope é preciso procurar um médico (Foto: Divulgação: MdeMulher)

Quando a tosse é persistente e não passa com xarope é preciso procurar um médico (Foto: Divulgação: MdeMulher)

Quando se desenvolve a Pneumonia?

A doença pode desenvolver-se de três maneiras diferentes: quando a pessoa inala um microrganismo por meio da respiração e este chega ao pulmão, outra maneira é inalando, para o pulmão, bactérias que vivem na boca e se proliferam, e por último, a maneira mais incomum, por meio da circulação sanguínea. Uma infecção em qualquer parte do organismo pode se alastrar e por meio da circulação sanguínea chegar ao pulmão. Muitas vezes uma gripe mal curada acaba evoluindo para uma pneumonia. Existem alguns fatores de risco:

– Ar condicionado, porque deixa o ar mais seco

– Deficiências nutricionais

– Fumo, provoca inflamação nos pulmões

– Álcool, que atrapalha o sistema imunológico

– Mudanças repentinas de temperatura

– Alergias respiratórias

Sintomas da Pneumonia:

– Febre, suor intenso ou calafrios.

– Tosse com catarro amarelado ou esverdeado.

– Dor no peito ou dor no tórax que pode piorar com a respiração.

– Respiração rápida e curta.

Em geral a pneumonia não é uma doença contagiosa (Foto: Divulgação: MdeMulher)

Em geral a pneumonia não é uma doença contagiosa (Foto: Divulgação: MdeMulher)

Sintomas da Pneumonia

A Pneumonia pode desenvolver vários sintomas e deixar o paciente muito debilitado, os sintomas mais comuns são:

– Náuseas e vômito.

– Dores de cabeça.

– Diminuição do apetite.

– Fraqueza, cansaço e desânimo.

– Dores musculares

Nos casos mais avançados podem ocorrer:

– Falta de ar e maior dificuldade respiratória.

– Cianose de extremidades (dedos, nariz, lábios) por causa da baixa oxigenação sanguínea.

– Confusão mental ou desorientação.

– Queda de pressão arterial ou pressão baixa.

– Aceleração do pulso ou da frequência cardíaca.

Mesmo com esses sintomas lembre-se que apenas o médico pode fazer um diagnóstico, caso tenha os sintomas acima, ou parte deles, procure um médico e por meio de exame de raio-X será diagnosticado. No caso de pneumonia o tratamento indicado é antibióticos, mas cada caso será avaliado individualmente, em casos mais graves é recomendado até uma internação.

Pneumonia pega?

Pra falar a verdade a Pneumonia só é transmitida dependendo do tipo. Em geral ela não é uma doença contagiosa, mas em alguns casos pode haver o risco de transmissão de uma pessoa para outra, como nos casos das pneumonias bacterianas e as pneumonias virais, mas é importante salientar, que pessoas que entram em contato com as que estão com a doença não são infectadas nem desenvolvem a doença. A transmissão da Pneumonia só é feita através dos casos citados acima.

Mesmo com esses sintomas lembre-se que apenas o médico pode fazer um diagnóstico(Foto: Divulgação: MdeMulher)

Mesmo com esses sintomas lembre-se que apenas o médico pode fazer um diagnóstico(Foto: Divulgação: MdeMulher)

Como prevenir a doença

Geralmente as pessoas que contraem doenças respiratórias são aquelas que estão com a imunidade baixa. Para elevar a imunidade das pessoas e se manterem saudáveis é preciso que as pessoas tenham boa alimentação. Comer frutas, legumes e verduras é fundamental para manter o equilíbrio do corpo e ter boa saúde. Além da alimentação balanceada é preciso também que as pessoas façam atividades físicas para que o sangue circule e o organismo se mantenha aquecido no inverno.

As crianças são as que mais são acometidas pela pneumonia, pois elas ainda estão em desenvolvimento e isso as tornam mais frágeis. É preciso ter cuidado dobrado com as crianças, mantê-las muito bem agasalhadas para que o corpo esteja sempre aquecido e ter uma alimentação balanceada. Tomando esses cuidados as crianças podem passar o inverno sem contrair doenças respiratórias graves.  Vale lembrar que em casos de as crianças apresentarem sintomas de pneumonia é importante que sejam levadas ao médico para fazer o diagnóstico certo e começar com o tratamento adequado para cada caso.


Top