Peixe Beta: cuidados e informações

O peixe Beta vive naturalmente em água parada e pobre em oxigênio. Sua adaptação em aquários é ótima e ele vive sozinho. Saiba mais detalhes e informações sobre essa espécie[…]

O peixe Beta é a opção para muitas pessoas que querem ter um aquário em casa e ter trabalho quase zero, pois ele é conhecido por viver sozinho, além disso, o seu aquário é especial e não precisa de manutenção custosa. É uma espécie que é famosa por ser um peixe de briga, pois os machos não convivem no mesmo ambiente, assim, basta ter um apenas. Como todo bicho, deve ter alguns cuidados que são bem fáceis.

 

Peixe Beta é perfeito para quem não quer ter trabalho

Detalhes do peixe Beta

Os machos são bem violentos e se forem colocados todos em um aquário a briga sai a ponto dos dois morrerem, por isso vivem isolados. Naturalmente, eles vivem em águas sem movimentação e pouco oxigenadas, mais um motivo para se adaptarem bem ao cativeiro.

Onde ele vive

Mas não pense que é qualquer aquário que o Beta vive, na verdade, existe um exatamente para essa espécie, chamado Betário. O tamanho dele é 15x12x12cm e a vantagem é que não necessita de bombinha. Desse jeito, o custo para ter esse peixinho em casa é pequeno. Ele deve ser colocado em um lugar que não bata a luz do sol diretamente para não deixar que o calor tome conta, mas também não pode ficar em lugares gelados ou com cheiros fortes de tinta ou gordura. A temperatura ideal é 25ºC. Nas estações mais frias, uma lâmpada ajuda a esquentar um pouquinho.

 

Betário deve ficar em um local com temperatura amena

Manutenção do aquário deve ser feita de 10 em 10 dias

Mas como deve ser feita a manutenção de tudo? A indicação é que a água seja renovada de dez em dez dias, mas não deve ser toda trocada, somente uma parte dela. Ela deve estar em temperatura ambiente e não pode ser clorada, ao contrário, precisa ser filtrada ou mineral, a critério do dono.

Leia Também:  Standcenter, Iphone - Como você recebe ou trata seu cliente (visitante)?

 

A manutenção é rápida e sem segredos

Alimentação até três vezes por dia

Para alimentá-los, é mais simples ainda: basta jogar a comida duas ou três vezes por dia, mas é aí que é preciso ter cuidado. A quantidade deve ser exatamente a que ele vai comer, assim, é preciso jogar as bolinhas de ração bem aos poucos, esperá-lo engolir e depois continue até que ele pare. O restante não pode ficar na água, deve ser retirado, já que o aquário não tem filtro e é preciso manter aquilo ali bem limpo.

 

Top