Notas falsas de dinheiro: como identificar

O Banco Central está mudando as características das cédulas desde 2010 como uma forma de ajudar as pessoas a não serem enganadas por cédulas…

Por Élida Santos em 27/12/2012

O Banco Central está mudando as características das cédulas desde 2010 como uma forma de ajudar as pessoas a não serem enganadas por cédulas falsas. No entanto, os falsificadores estão fazendo cópias cada vez mais idênticas as verdadeiras. De acordo com a polícia, com a aproximação das festas de final de ano o número de notas falsas aumentam.

Leia mais sobre: Dinheiro de verdade: Banco Central

Fique atento com relação aos itens de segurança da nota do Real (Foto: Divulgação)

Segundo o Banco Central, de janeiro a novembro de 2012, foram retidas mais de 424 mil cédulas falsificadas em todo o Brasil. As cópias de dinheiro mais apreendidas neste ano foi a de R$ 100. Entre 2007 e 2011, a campeã de falsificações foi a de R$ 50. E tem muitas pessoas caindo no golpe por falta de atenção por conta da pressa de sair das lojas, ou até pela falta se conhecimento com relação aos meios de identificação da falsificação.

A nota de 100 reais é uma das mais falsificadas (Foto: Divulgação)

Banco Central ensina como identificar notas falsas

No portal eletrônico (http://novasnotas.bcb.gov.br/index.html) do Banco Central é possível ver uma lista com oito itens de segurança que podem ajudar a identificar se a nota é falsificada. Alguns são perceptíveis ao colocar a cédula contra a luz. Na nota de R$ 50, a marca d’água é de uma onça, que pode ser vista se você colocá-la contra o sol, por exemplo. E nas notas de R$ 100 aparece um peixe, que é uma garoupa, e o número 100 em tons que variam do claro ao escuro.

Itens de segurança do dinheiro vistos com lente de aumento

Outros itens de segurança podem ser percebidos ao utilizar uma lente de aumento. O valor da nota impresso em tamanho muito pequeno aparece em várias áreas da cédula, na frente e no verso. Outro meio de saber se o dinheiro é verdadeiro ou falso é identificando se há um fio de segurança no meio da cédula, que é identificado pelo valor da nota e deve constar obrigatoriamente nas de R$ 50 e R$ 100.

O Banco Central fez mudanças no dinheiro (Foto: Divulgação)

Confira também: Novas notas de Real: modelos das novas cédulas 

Outra dica muito importante é que o papel da cédula verdadeira é especial e mais áspero do que o papel comum. Também é preciso prestar atenção na cor da nota, pois as falsificadas geralmente têm leves alterações na coloração. Existem em papelarias canetas que ajudam na identificação, pois a tinta não risca cédulas verdadeiras, só as falsificadas.

Top