Morre a atriz Regina Dourado

A atriz Regina Dourado faleceu na manhã de hoje (27) aos 59 anos. A atriz baiana morreu em decorrência do câncer de mama, contra…

A atriz Regina Dourado faleceu na manhã de hoje (27) aos 59 anos. A atriz baiana morreu em decorrência do câncer de mama, contra o qual lutava desde 2003 quando descobriu o primeiro tumor. Após o tratamento de quimioterapia e radioterapia iniciais conseguiu se recuperar, porém em 2010 acabou descobrindo um novo nódulo no outro seio e enfrentava o novo tratamento com dificuldades desde o ano passado.

A atriz morreu na manhã de sábado após uma semana internada em estado grave (Foto: Divulgação)

Regina Dourado estava internada há uma semana em estado grave no Hospital Português, em Salvador, para onde havia sido levada após passar mal em casa. Durante este período, o seu irmão afirmou que a doença da atriz estava em fase terminal e inconsciente. Também afirmou que os parentes não tinham mais esperanças: “Estamos esperando o coração parar de bater”, afirmou Oscar, na ocasião.

Regina Dourado lutava contra o câncer de mama desde 2003 (Foto: Divulgação)

O corpo da atriz está sendo velado no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador em cerimônia aberta ao público. Já no domingo, uma missa pública será realizada às 15h. Após a missa, o corpo será cremado em horário previsto para às 16h30.

Carreira de Regina Dourado

Regina Maria Dourado nasceu em 22 de agosto de 1953 no município de Irecê, Bahia. Sua carreira começou aos 15 anos, quando entrou na “Companhia Baiana de Comédias”. Também estudou canto e participou do Grupo de Dança da UFB (Universidade Federal da Bahia), do coral Ars Livre e do Grupo Zambo. Já sua estreia em televisão aconteceu em 1978, com o especial  “A Morte e a Morte de Quincas Berro D’água”,

Em Explode Coração (1995) Regina teve o seu maior suceso ao contracenar com Rogério Cardoso (Foto: Divulgação)

Regina também possuía um vasto currículos em novelas, produções nas quais trabalhou até 2008 sendo a última delas pela rede Record. Mas foi em “Explode Coração” de Glória Perez, que a atriz alcançou maior destaque ao contracenar com Rogério Cardoso. Interpretando Lucineide, lançou o bordão “Stop, Salgadinho!” ao falar com seu marido na trama.

  • Pai Herói (1979);
  • Cavalo Amarelo (1980)
  • Pão Pão, Beijo Beijo (1983);
  • Roque Santeiro (1985);
  • Felicidade (1991),
  • Renascer (1993);
  • Tropicaliente (1994);
  • Explode Coração (1995);
  • Rei do Gado (1996);
  • Anjo Mau (1997);
  • Andando Nas Nuvens (1999);
  • Esperança (2002); Seus Olhos (2004);
  • América (2005)
  •  Bicho do Mato (2006-2007)
  • Caminhos do Coração (2008)
Leia Também:  Legumes melhoram sobrevida de mulheres após câncer de mama

No cinema seu currículo foi quase tão vasto quanto nas telenovelas, atuando desde os anos de 1970, e tendo seu último trabalho na área em 2004.

  • Sandra Rosa Madalena (1978) ;
  • Amante Latino (1979)
  • Baiano Fantasma, em 1984;
  • Tigipió – Uma Questão de Amor e Honra, (1986);
  • Corpo em Delito (1990); Corisco & Dada (1996);
  • No Coração dos Deuses (1999);
  •  Espelho D`água – Uma Viagem no Rio São Francisco (2004)

Já seriados e minisséries, seus trabalhos ocorreram especialmente entre as décadas de 1980 e 1990 com Lampião e Maria Bonita; O Pagador de Promessas; O Sorriso do Lagarto; e Tereza Batista . No teatro, atuou em:

  • Vidigal;
  • Memórias de um Sargento de Milícias;
  • Declaração de Amor Explícito;
  • Rei Brasil 500 Anos;
  • Uma Ópera Popular;
  • Tratado Geral da Fofoca;
  • Paixão de Cristo (2011 e 2012 – Bahia)

Top