Montando árvore de Natal com as crianças

 Considerado uma das principais datas comemorativas do ano, o natal precisa ser comemorado em grande estilo. Valorizar as tradições e procurar transmitir a magia…

 Considerado uma das principais datas comemorativas do ano, o natal precisa ser comemorado em grande estilo. Valorizar as tradições e procurar transmitir a magia da ocasião, é um princípio básico para desfrutar de um ‘feliz natal’. Um dos momentos mais encantadores da data, consiste na montagem da árvore de natal.

O pinheiro decorado com enfeites pode ser natural ou artificial, mas, representa um dos símbolos mais importantes do natal. Além de contribuir com a ornamentação do ambiente, a árvore também agrega vários significados e carrega uma história na sua figura. Apesar das pessoas montarem o pinheiro em todas as partes do mundo, são poucas aquelas que realmente conhecem a origem da tradição.

Nada mais divertido do que montar a árvore de natal em família (Foto: Divulgação)

Montando árvore de Natal

Antes de armar a árvore de natal e se preocupar com os detalhes da decoração, é interessante convidar as crianças para ajudar nesse trabalho. Os pequenos costumam ter ideias criativas e com certeza vão apreciar a composição do símbolo natalino. Explicar a origem da tradição, nem sempre é possível, mas, caso a criança tenha mais de 5 anos, já dá para arriscar algumas historinhas, à medida que o pinheiro segue sendo decorado.

Muitas famílias tem a tradição de montar a árvore de natal no início de dezembro todos juntos (Foto: Divulgação)

De acordo com a tradição cristã, o dia recomendado para montar a árvore de natal é 30 de novembro. O ritual começou a ser difundido por Martinho Lutero,  na Alemanha e foi trazido depois de um tempo para o continente americano. Uma árvore bem enfeitada, com certeza, vai levar energia positiva para dentro de casa e simbolizar a vida.

Dicas para montar árvore de natal com os pequenos

Incentive a participação: na hora de fazer a ornamentação, não dá para considerar aquilo que é definido apenas como tendência. Para evitar qualquer tipo de “bloqueio” na criança, é necessário dar liberdade para criar enfeites e até mesmo posicioná-los.

Dê asas à imaginação: o momento de montar a árvore precisa ser mágico, por isso, vale a pena até mesmo confeccionar os enfeites com a criança, para depois elaborar uma decoração personalizada. O artesanato pode envolver o trabalho com tintas, isopor, tecido, placas de EVA, algodão e até mesmo materiais recicláveis.

A favor da sustentabilidade: na escola, a criança é orientada a ter uma postura ecologicamente correta e isso também pode ser aproveitado no natal. Na hora de montar o pinheirinho e os enfeites, recomenda-se o uso de recicláveis, como as garrafas PET, papelão, latinhas e vidros. É claro que, os pequenos precisam ser orientados por um adulto.

A árvore de natal deixa a casa com o espírito natalino (Foto: Divulgação)

Os cuidados necessários: o pisca-pisca ou qualquer outro enfeite que envolva eletricidade pode colocar a criança em risco, por isso, é preciso ficar de olho na montagem e acompanhar o trabalho dos pequenos. Ao quebrar bolas e outros enfeites, os cacos também podem facilmente causar acidentes.

– Valorize a tradição: Deixe vários presentes embaixo da árvore, durante a grande noite de natal, afinal, esse é o momento mais esperado pela criançada. Não se esqueça de aconselhar a fazer cartinhas e deixar biscoitos para o Papai Noel.






Top